sexta-feira, 8 de julho de 2016

Quando "Pantera" era elogio - Parte 2

E continuando o outro post, pantera por pantera, o cume mesmo era ser coroada Panterado ano. Para isso o promoter carioca Ricardo Amaral criou o concurso que sagrava a mais bela Pantera do ano.

Criado no carnaval de 1981, o evento durou até meados dos anos 2000. Diferente de muitos concursos de beleza, inclusive o Miss Brasil a partir dos anos 80, sair vitoriosa era o passaporte para a fama.
A primeira vencedora foi ninguém menos do que Xuxa, mas de lá saíram também as modelos Marcia Porto, Andrea Guerra e Viviane Araújo e tantas outras. Era um bom passo para virar capa da Playboy e conquistar os holofotes.

No player abaixo (ou aqui) você assiste na íntegra à edição de 1993 em que Nubia Oliveira (futura Oliver, Olivii, whatever!) conquistou o título junto com Kelly Cristina. Ela recebe a faixa de Cristina Mortágua.

No Youtube há vídeos de varias outras edições. Dá pra ficar assistindo hipnoticamente por horas!

Ou você já viu algum evento com coreografias tão bacanas? Olha essa!

E mais essas aqui!!!


Vê só se a Núbia já não tinha carinha de campeã. Grrrrr!
As coreografias tão sensuais, assim como a coordenação do concurso, ficavam a cargo do bailarino José Reynaldo. Que claro, as vezes também participava do espetáculo.

Mais tarde surgiria o concurso Felina sem relação direta ao clássico concurso das panteras. A futura BBB Maria Mellilo venceu este concurso em 2002. 

A última Felina foi a modelo Paula Galvão em 2008. No ano seguinte ela estrelaria o vídeo A Felina do Pornô da produtora Sexxxy World. 

Veja também:
Quando "Pantera" era elogio - Parte 2

1 comentários:

Luiz Santiago disse...

Ele é idêntico ao John das águas

Related Posts with Thumbnails