quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Rocambole 60’s

Charada (Charade, 1963) é o filme wannabe por natureza. Uma mistura de Alfred Hitchcock com James Bond, cuja direção cheira a Blake Edwards mas na verdade é Stanley Donen!

Reza a lenda que Cary Grant chegou a ser cotado para James Bond. Mas já estava em vias de se aposentar, por tanto, teve aqui sua chance de tomar Martines em ritmo de aventura.

A presença de Audrey Hepburn estaria obviamente embalada pela trilha sonora de Henry Mancini. Parceria tão marcante quanto a dela com Givenchy!

Começa vertiginosamente lembrando Bernard Hermann, mas as outras faixas são no melhor estilo “mood” que fez a fama de Mancini. Dá uma olhadinha lá no Vintage Vinyl.

Veja também:
Muito amor de Audrey Hepburn
Filmes B trilhas sonoras A


[Ouvindo: Maybe – Percy Faith]

2 comentários:

Leo disse...

Gosto muito de uma gravação da música tema Charade na voz da Blossom Dearie. É de um album q tem algumas pérolas como uma versão ótima de Corcovado.

Qnto ao filme, deve ser um dos que eu mais devo ter visto na vida, sei lá pq volto sempre pra ele. Acho q tem um charme especial.

Miguel Andrade disse...

Leo, já assisti muito também. Tem um balanço especial entre leveza e conteúdo.

E o casal protagonista está ótimo!

Related Posts with Thumbnails