quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Carinho de Miss

Exclusivíssima para o La Dolce Vita! Refer enviou esta foto autografada por Gladys Zender, Miss Universo 1957, conseguida pelo próprio na Sears.

Autógrafo de Miss deve ser o único que com o passar do tempo se desvaloriza. Imagina o que um garoto 50’s faria para consegui-lo?

Como dá pra perceber, a gentileza da Max Factor Hollywood tem uma peculiaridade que acho não ser erro. Foi em 1957 que a peruana, primeira latina americana a conquistar o título, desbancou a brasileira Terezinha Morango, não em 1958 como está escrito no mimo.

O resultado de 1957 deu bafão na imprensa mundo afora quando se descobriu que a vitoriosa possuía apenas 17 anos, o que fez com que a organização do evento a desqualificasse. De qualquer forma, Gladys Zender distribuía aos fãs esta imagem, como sendo Miss Universo 1958, ano de sua maior idade.

Outra foto exclusiva aqui foi a de Vera Fischer. Veja Miss Brasil 1969 excursionando pelos rincões do Brasil!

Veja também:
Terra fértil para vices
Finalistas do Miss Universo 54
A baiana que fez “humpf!” a Hollywood


[Ouvindo: Drag De Marquis De Sade – Pedro Fumetti]

9 comentários:

Refer disse...

...na (seção de cósméticos) da Sears ou do Mesbla; não me lembro com exatidão. sorry

Gladys Zender não chegou em SPaulo como 'Miss Universo', mas como modelo e representante da Max Factor, uns 3 anos depois de coroada.

Miguel Andrade disse...

Refer, sim, claro, mas na foto diz Miss Universo 58, né?

Era um atrativo a mais para a Max Factor usá-la como garota propaganda pelo mundo.

Fael disse...

Terezinha Morango?! Uepa que as mulheres frutas são mais antigas do que proclamam!

É a grande falta de memória desse país :)

Miguel Andrade disse...

Fael, mas o dela era sobrenome, não um paralelo com sua forma física.

Glauco disse...

Que legal, uma autógrafo de Gladys, uma nas minhas MU preferidas. Miguel, houve bafão sim por causa da idade mas ela não foi desqualificada pela organização, cumpriu seu ano de reinado e coroou sua sucessora, a colombiana Luz Marina Zuluaga. Aliás, o legado de Gladys não é pouco coisa, no rastro dela, mais 19 latino-americanas foram coroadas.

Miguel Andrade disse...

Glauco, mas a wikipédia diz isso. Mal e parcamente traduzido do espanhol.

Glauco disse...

Miguel, a única MU oficialmente destituída do título foi a russa Oxana Fedorova em 2002, com direito a panamenha Justine Pasek, 1st runner up, assumir a faixa e a coroa, o que não aconteceu com Gladys e Miss Morango.

A propósito, tenho uma Manchete de carnaval com várias fotos de Gladys no baile do Municipal do Rio, acho que é de 1960 ou 1961, possivelmente o ano em que Refer ganhou esse autógrafo. ;)

Miguel Andrade disse...

Glauco, sim! Não dizia que ela perdeu a coroa. Isso deveria ser seríssimo naquela época :D

Glauco disse...

Miguel, Verinha mentiu a idade também, tinha só 17 aninhos quando saiu de Blumenau em 1969 para se tornar Miss Brasil e uma das finalistas do Miss Universo. Danadinha...

Related Posts with Thumbnails