quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Feud: Barbie Vs. Jem e As Hologramas

 Uma briga boa no mundo cor de rosa das bonecas de vinil! Barbie da Mattel reinava linda até chegar à década de 80, quando os concorrentes resolveram entrar na briga de forma incisiva.

O episódio mais emblemático foi com Jem e As Hologramas. Segundo a série Brinquedos Que Marcaram Época a empresa ficou alerta aos saber que a Hasbro lançaria sua versão da boneca de 30 cm (ou fashion doll).

A vice presidente Judy Shackelford recebeu de um vendedor a pista de ouro: Será uma estrela do rock! E foram pernas pra que te quero, precisavam lançar uma rival o quanto antes.
Geralmente um novo modelo de Barbie demorava oito meses para ser criada. Juntaram todos as peças referentes a música de outros brinquedos e ponto! Criaram Barbie & The Rock Stars em apenas 16 horas indo para as lojas dali a quatro meses.

No Brasil ela aportou com cerca de dois anos de diferença da matriz. Aqui ela se chamou Barbie e Os Roqueiros com comercial em português na TV e tudo.

Na época a loira era fabricada sob licença pela brasileira Brinquedos Estrela. Barbie era uma relativa novidade, substituindo a local Susi, da mesma empresa nacional.

A estratégia da Hasbro para Jem e as Hologramas seguia os moldes executados pouco antes pela Mattel para He-man e Os Mestres do Universo. Desenvolver uma linha de brinquedos e depois uma série animada para alavancar as vendas.

 Em 1987, Barbie no mundo da música também ganhou sua versão desenho animado. O longa Barbie, A Estrela do Rock (Barbie and the Rockers: Out of this World) foi co-produzido com a japonesa Saban Productions, o que lhe confere um aspecto de anime.
Distribuído em VHS no Brasil numa parceria entre SBT Vídeo e Top Tape, Barbie, A Estrela do Rock alcançou certo sucesso nas locadoras e hoje está disponível completo e dublado em português no YouTube. Ironicamente, foi o mesmo SBT quem exibiu Jem e As Hologramas no país a partir de 1988, quando a linha de brinquedos já estava descontinuada nos EUA.

Aliás, nesse desenho, a voz da Barbie cantando na nossa língua é a mesma voz da Jem! Ambas são interpretadas pela ex diva disco Sarah Regina, já citada neste outro post referente a Jem e As Hologramas, leia.

A estratégia da Mattel em correr para lançar antes sua versão de roqueira new wave deu certo. Todos acabaram achando que Jem e As Hologramas era uma cópia de Barbie and the Rockers.

Jem ficou no tempo como um desenho bacana e kitsh da década de 80, não como uma boneca. Barbie, como se sabe, continua como um ícone atemporal até hoje.
Aqui no Brasil estávamos bem servidos de “fashion dolls” além da famosa americana. Auge das apresentadoras infantis, cada uma tinha a sua, como Xuxinha da Mimo e Angélica da Estrela, o que pode ter sido crucial para a Jem nem ter dado as caras.

Veja também:
Só no Brasil: Jem e As Hologramas teve embate de divas da discoteque
ken nos pulsantes anos 70

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails