quinta-feira, 30 de julho de 2015

Como Bela Lugosi salvou Thriller e mudou a história da música

 É um daqueles causos saborosos do mundo pop que podem alimentar muitas rodas de conversa. Tal e qual Drácula, Bela Lugosi já estava morto há 26 anos quando conseguiu revolucionar a música e os videoclipes.

A história foi registrada no livro "Michael Jackson - A magia e a loucura" de J. Randy Taraborrelli (Editora Globo) e replicada no blog Monster Vision pelas palavras do historiador Stan Sinberg. A versão que consta no livro é levemente diferente:

“Como foi observado várias vezes desde a morte prematura de Michael Jackson, o vídeo "Thriller" mudou a história da música. O vídeo de forma eficaz "integrou" a MTV, e revolucionou a forma como os vídeos de música foram concebidos, produzidos e orçamentados. E tudo isso não teria acontecido se não fosse, de uma maneira estranha, por Bela Lugosi.

Na época, John Branca era advogado de entretenimento de Jackson. Branca representava muitas bandas de rock, incluindo The Beach Boys e Fleetwood Mac (...). Naquela época, em 1983, vídeos de música de rock estavam em sua infância, tinham um orçamento médio de $ 50 mil, e a MTV estava sendo criticado por ignorar artistas negros.

Nesse ambiente, Jackson disse a Branca que queria um orçamento de um milhão de dólares para seu próximo vídeo, "Thriller". Quando o advogado se opôs, Jackson retrucou: "Faça acontecer!" 

Branca surgiu com a ideia de persuadir o (canal) Showtime a desembolsar 1,2 milhões dólares para um "Making of 'Thriller'" - o primeiro vídeo de "making of" do tipo.

Depois que "Thriller" foi concluído, mas antes de seu lançamento, Jackson, Testemunha de Jeová, contou aos anciãos da igreja que no vídeo ele se transformava em um lobisomem.  Os anciãos o repreenderam pela promoção da demonologia. Jackson, então, pediu a Branca para destruir o vídeo.

"Isso é uma loucura", disse Branca, que tinha a cópia master. "Eu não posso destruí-lo."

Desesperado, Branca lembrou que o Rei do Pop era um grande fã do ator Bela Lugosi, que tinha interpretado "Drácula." Então em um blefe, ele telefonou para Jackson. "Você sabe, Bela Lugosi foi um homem muito religioso", ele começou, embora na verdade Branca não tinha ideia se isso era verdade.  "E Bela mandava colocar um aviso em seus filmes dizendo que seus filmes não endossavam o vampirismo." Esta foi uma mentira completa.

Branca convenceu Jackson colocar um aviso semelhante no início de "Thriller" (" Devido às minhas fortes convicções pessoais, gostaria de salientar que este filme de modo algum ... ") –
e a história dos vídeo clips foi alterada. Nos cinco dias seguintes ao lançamento do vídeo, o álbum "Thriller", que já tinha sido lançado há meses, vendeu um milhão de cópias, e seguiu seu caminho para a estratosfera.”

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails