quarta-feira, 29 de junho de 2011

Salvem o ratinho!!!

De longe, bem de longe a capa de quadrinhos mais violenta que já vi! Sem caveiras, monstros nem nada.

Só um gatinho fofo e um ratinho idem. Pelo sorrisinho de satisfação do gato, a cacetada não será nada acidental.

Quando você pensar em quadrinhos impactantes, lembre-se dessa Felix, The Cat, edição 5 de 1948. Toda uma vibe Comichão e Coçadinha.

A imagem é um oferecimento PopKulture

[Ouvindo: Quiet Sound - Liz Damon's Orient Express]

5 comentários:

Mahal disse...

Imagina essa capa nos dias de hoje?
Ia dar assunto pros "politicamente corretos"!

Miguel Andrade disse...

Mahal, seria uma BOMBA!

Leticia disse...

Toda a geração que não ganhou armas de brinquedo (isso era moda há vinte anos) hoje se estabaca toda santa noite com o carro no poste.

Monitoramento social é causa/consequência - de doença grave.

Leticia disse...

Toda a geração que não ganhou armas de brinquedo (isso era moda há vinte anos) hoje se estabaca toda santa noite com o carro no poste.

Monitoramento social é causa/consequência - de doença grave.

Miguel Andrade disse...

Letícia, tive as minhas armas de cowboy que usavam espoleta, mas nem por isso hoje deixo de achar que quem não é policial e porta armas de fogo seja um tremendo de um covarde/medroso.

Related Posts with Thumbnails