sexta-feira, 25 de março de 2011

Vista do observatório Griffith

Desculpe o trocadilho, mas Sal Mineo sempre me pareceu a figura mais sem sal de Hollywood. Essa foto aí me fez automaticamente pensar: “Tá olhando pra onde, rapazinho?!”.

Tenho uma antipatia que nem consigo explicar. Talvez pelas mesmas carinhas e bocas que usou em todos os papéis, como se certa fragilidade fosse predicado...

... Ou porque a primeira vez que o vi foi empatando o samba entre James Dean e Natalie Wood em Juventude Transviada (Rebel Without a Cause, 1955 de Nicholas Ray). Quem precisa de pílula com um carinha CHATO segurando vela?

A imagem é um oferecimento TikiLizzy

[Ouvindo: Happy days – Bear]

3 comentários:

MauroCoimbra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Miguel, leio seu blog há anos, adoro seu texto. Beijos, querido.

Miguel Andrade disse...

Fernanda, opa! Muito obrigado! Demorou pra se manifestar! :D

Related Posts with Thumbnails