quinta-feira, 8 de julho de 2010

O Drácula favorito de Coppola

Na enquete aqui do La Dolce no ano passado, sobre qual seria o Drácula preferido, elegeu-se Drácula de Bram Stoker (1992). Por algum tempo pensei que Gary Oldman poderia perder para Christopher Lee.

O fato da televisão daqui não ter a cultura de reprisar clássicos de terror pode explicar o iconográfico Bela Lugosi ter ficado muito atrás deles. E John Carradine ter tido apenas um piedoso voto!

Nos extras da edição de luxo de Drácula de Bram Stoker, DVD indispensável, temos a oportunidade de conhecer a preferência do diretor Francis Ford Coppola. Ele aparece para apresentar a faixa de comentários com uma berrante camisa cor de rosa.

Diz que reconhece todos, mas seu ator favorito é John Carradine! Era ele quem exibia a capa do Conde da Transilvânia quando os tios o levavam para ver filmes.

Carradine interpretou Drácula em 4 ocasiões no cinema. Sendo duas vezes para a Universal Studios, na fase de crossovers de monstros.

Bela Lugosi, muito mais marcado pelo papel, foi apenas na produção germinal de 1931 e em Às Voltas Com Fantasmas (Bud Abbott Lou Costello Meet Frankenstein (1948). Foi enterrado com a capa do figurino como seu último desejo.

Veja também:
Monstro contra monstro: Crossovers da Universal


4 comentários:

Refer disse...

Não conhecia o LDV na época, senão teria votado no Frank Langella porque é o primeiro ator que me ocorre quando penso no personagem.

Dá tempo pra registrar o voto e empatar com Carradine?

;)

Miguel Andrade disse...

Refer, e sabe que na época não incluí Frank Langella? Não lembro pq agora...

qualquergordotemblog disse...

Pra mim, o Frank Langella é o Esqueleto. Não lembrava dele como Drácula.

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, pior que eu lembrava... Vi muito nas madrugadas do SBT da década de 90.

Sir Laurence Olivier de Van Helsing é o que mais me recordo. E a confusão do roteiro entre Mina e Lucy.

Related Posts with Thumbnails