sexta-feira, 2 de julho de 2010

No aaaaaaaaaaar

E Aeroporto (Airport, 1970) demora pra decolar, literalmente. O avião trágico leva mais de uma (!!!) hora pra levantar vôo, e o aeroporto em si é retratado como negócio familiar, quase uma quitandinha!

Mas há aquele elenco estrelar de velhas raposas hollywoodianas em fim de carreira. Uma das graças do cinema catástrofe ser bacana e uma das desgraças dos remakes e tentativas de voltar com o subgênero nunca tenha dado muito certo.

Cada um representa quase que a si mesmo, e nós torcemos pelo nosso velho astro. E se sabe que aquele monte de gente ali tem um motivo fatídico de existir...

O Dean Martin de piloto!!! Com idade avançada e ainda fazendo o rapaz “bobeou a gente pimba!”.

Com mulherzinha apaixonada na terra e mandando bala na aeromoça mais bonitona do pedaço. Jacqueline Bisset, grávida do colega casado, se recusa a fazer aborto porque passou a se sentir inteira.

Xiiii, grávida divinamente iluminada num filme catástrofe? Não vai prestar...

[Ouvindo: Running Away (JFK Remix) – Space Cowboy]

2 comentários:

Refer disse...

Vibrei com Myrna Loy e Gloria Swanson em Aeroporto 75.

Já pensou o Dean Martin pilotando avião de verdade?

Miguel Andrade disse...

Refer, bêbado? Hahahahah

Sim, a Swanson relembrando seus tempos de starlet. Quase uma Norma Desmond de verdade!

Related Posts with Thumbnails