domingo, 29 de novembro de 2009

Bububu no bobobó

Não há, nem nunca haverá alguém como Alfred Hitchcock! Gênio, gênio, gênio!

A incrível habilidade de brincar com a platéia como se brinca apenas com os mais íntimos. Posso ficar aqui enumerando dezenas de motivos para justificar Intriga Internacional (North by Northwest, 1959) como um dos meus filmes favoritos.

Esse final subliminarmente pornográfico é apenas um deles. Cary “Oh, my!!!” Grant no auge da formosura cheio de graça pra cima da Eva Marie Saint maquiada, segundo Pauline Kael, como africana albina é outro.

Relembre a arma poderosa da Marnie para roubar milionários incautos. Clique aqui.

[Ouvindo: Na Bahia – Carmen Miranda]

6 comentários:

Anônimo disse...

Queria ser Randolph Scott...

Miguel Andrade disse...

Anônimo, somos dois...

Anônimo disse...

Miguel, ele e Ingrid Bergman em Interlúdio? Hitchcock, gênio, gênio, gênio!!!

Miguel Andrade disse...

Anônimo, também gosto pra caramba de Interlúdio! Maravilhoso.

Leo disse...

Põe gênio nisso.

Amo Eva Marie Saint neste filme.

Miguel Andrade disse...

Leo, tb gosto. Filme muito feliz mesmo.

Related Posts with Thumbnails