terça-feira, 17 de novembro de 2009

Blondie absurdamente atômico


A fashion doll Debbie Harry é pura comercialização da rebeldia. Eles venceram!

A Mattel, dona da Barbie, distribuiu em 2009 não só esta Debbie mas também a Cyndi Lauper nunca coleção de estrelas do rock 80’s. Madonna, como se sabe, foi recusada pela empresa.

As bonecas são indicadas para meninas maiores de 6 anos. Aham! Acredito piamente que o público alvo delas é o infantil...

Um oferecimento ohnotheydidnt

Veja também:
Gente grande pra gente pequena
Debbie Harry - Quero mais é glitter!
Comece já sua coleção
Vanilla Ice Doll
Sexo com Jessica Alba


[Ouvindo: Born Free – Andy Williams]

11 comentários:

Leticia disse...

Devo sincera e conscientemente meu jeito de ser às minhas Susis adultizadas. Nunca, jamé de la vie, pensei em ficar fazendo papinha, botar boneca pra dormir ou montar casinha de fogões cor-de-rosa. Meu negócio eram as roupas, as butiques (que fazia com caixas de papelão mudernamente decoradas), discos, livros e copos de uísque improvisados. E bolsas, muitas bolsas pra andar pela metrópole. Humpf!

Miguel Andrade disse...

Letícia, olha! Ponto de vista novo que faz sentido.

Elas são tão acusadas pelas feministas. Duvido que já tenham cogitado o lado positivo das bonecas mocinhas.

Leticia disse...

Pois é. Minha Susi se aprontava para esperar o namorado (que não era o Beto, era um imaginário). Quando enfim ganhei o Beto tive de subvertê-lo, porque a única coisa macha nele era o corpo. Cortei o cabelo, pintei uma barba (eram os anos 70/80) e forjei uns óculos de arame descascado de embalagem de pão.

Imagina uma boneca poderosa e fashion ficar nanando bebê e fazendo comida? Jamé!

Miguel Andrade disse...

Letícia, pobre Beto! Você intelectualizou o coitado.

Leticia disse...

Foi exatamente isso que aconteceu. Mas, engraçado, nunca cheguei a fazer bata indiana pra ele. Ficou com aquela jaquetinha sem-vergonha anos 60 até hoje.

Miguel Andrade disse...

Letícia, roupinha de boneca, das que já vinham, ficavam com a linha saindo.

E nessas fashion dolls então... O tamanho dos pontos tão desproporcionais ao tamanho da roupa.

Fabulastic disse...

Quando chegar a vez de fazerem uma versão das estrelas rock dos anos '90 será que vamos ter uma Barbie Courtney Love?

...Mas é giro notar que com esta Barbie Debbie, a Mattel fez a primeira Barbie Playmate! Ou será que já todos se esqueceram o seu passado?

Leticia disse...

Sempre reparei nisso tb, Miguel. E o ofício não evolui. Faz uns dois, três anos, vi uma exposição de Barbies vestidas de Rita Hayworth, Maria Antonieta, Audrey, etc. Algumas das roupas roupas femininas estavam um arraso, confesso, mas os paletós do Kent eram constrangedores.

Não pode. Pra roupa de boneca você tem de pensar em tudo, inclusive no tipo de tecido e de estampado que vai usar. As bichorocas que bolam essas coisas não pensam nisso.

Miguel Andrade disse...

Fabulastic, pois é! E devem ter recusado a Madonna por todos os motivos, menos pudores.

Quanto as 90's, pensou uma Lady Miss Kier? Haha

Letícia, estampas gigantescas, né? Na hora a gente cai na realidade de que tudo é mentirinha..

Fabulastic disse...

Como diz o refrão da música »Groove is in the Heart»:

I COULDN'T ASK FOR ANOTHER!

Miguel Andrade disse...

Fabulastic, ela realmente marcou a minha adolescência.

Related Posts with Thumbnails