terça-feira, 6 de outubro de 2009

A loura que viveu um pulp fiction


O G1 trouxe uma daquelas histórias que quando a gente vê em ficção duvida que possa acontecer de verdade. Segundo a matéria “a epopeia pela qual passou Sandra é digna de romance policial misturado com comédia romântica dos anos de ouro de Hollywood e pitadas de aventura e mistério.”

Como qualquer literatura barata, a moça abandonou tudo o que tinha para ir atrás da incandescente paixão que conheceu nas escadarias da estação da Sé. O rapaz que se dizia médico revelou ter extensa ficha criminal, inclusive por latrocínio, embora diga que lhe tratou como “uma rainha”.

Leia! "Mulher que desapareceu no Metrô de SP narra como um flerte virou ‘amor bandido’"

[Ouvindo: Li Maandouche L'Auto – Bellemou & Benfissa]

12 comentários:

Leticia disse...

Isso não é epopeia, é mico mesmo!

Como pode uma senhoura, com décadas nas costas, cair no conto do "médico" achado na rua?

Miguel Andrade disse...

Letícia, sabe no que acho esta história válida? Porque os matusquelas tem mania de falar nos perigos da Internet.

Malandro e ingênuos tem em todo lugar!

Leticia disse...

Verdade, Miguel. Não tinha visto por esse ângulo...

Mas acho que mulher burra tem mais...

Miguel Andrade disse...

Letícia, que em em balela? Com certeza... Prontas a viverem um romance Júlia.

Leticia disse...

Num tindi... "que em em balela?"

Que acredita em balela? Tem aos montes. Pode ser a mais durona executiva uau-uau-uau-Noca-Cosmopolitan que às vezes a gente vê a criatura cair na conversa e não pode fazer nada!

Miguel Andrade disse...

Letícia, iiiiiiiiiisso! Ótimo que você me compreende sempre! :D Hahaha

E quando mais a gente fala que é furada mais elas se enterram! Vou logo perdendo a paciência.

Leticia disse...

Só pode ser falta de experiência, o que é triste nessa idade...

(E, sorry, quis dizer Nova-Cosmopolitan, que é o perfil encaixadíssimo das fofas)

Miguel Andrade disse...

Letícia, eu tinha entendido!

Essas de tailleurzinho, e cabelão fio reto com luzes. Invariavelmente com os dentinhos da frente salientes graças ao péssimo hábito de chupar chupeta até uma idade avançada.

Leticia disse...

Há, Miguel!!!!!!! E com um sortimento no barrrrrzinho de casa pros machos...

Miguel Andrade disse...

Letícia hahahaha Que veneno! mas na minha imaginação até veio a raquezinha com os uisques...

Leticia disse...

Tantufas! Elas cobrem um espectro etário que dá azo a qualquer estilo de mobília. Desde as bonecas enfofadas em cima da cama até as tevês de plasma gigantescas a um metro dos olhos.

Miguel Andrade disse...

Letícia, e a casa cheia de tecnologia à vista e nenhum livrinho se quer.

Related Posts with Thumbnails