terça-feira, 14 de julho de 2009

Pausa para nossos comerciais


Dê nova vida a seus filhos com Toddy

Tão “its ALIVE!!!”, e ainda preserva o logo com a cabeça do cozinheirinho...

Dá pra notar nestes anúncios da década de 50 uma diferença crucial com os atuais. Crianças e adolescentes simplesmente não existiam como público alvo.

Eram direcionadas aos pais, que possuíam a grana. Culturalmente, filmes como Juventude Transviada (Rebel Without a Cause, 1955) e O Selvagem (The Wild One, 1953) eram impossíveis de existir com a adolescência negada por questões financeiras.

A partir daí, ao som de Rock 'n' Roll, para o bem ou para o mal, notaram que a galerinha também tinha voz ativa. No cinema tivemos aquela chuva de filmes de monstros vindos do espaço.

Um dos mais famosos é A Bolha Assassina (The Blob, 1958), onde um Steve McQueen bem novinho salva todo o planeta diante dos olhos descrentes dos adultos. Eles têm o poder e a revolução estudantil da próxima década deixou isso bem claro!

Daí pra patacoada atual, onde qualquer porcaria é lançada apostando no pouco conhecimento aliado à intensa necessidade de pertencer a grupos, foi um pulo. Assim caminha a humanidade...

[Ouvindo: Big Shot - Keith Mansfield]

8 comentários:

Glauco disse...

Antes de se exibir para os cafajestes do Brasil e do mundo, La Bengell anunciava Toddy: http://www.youtube.com/watch?v=Wx1uhGNGgas

"Vou tomá, vou tomá, gostoso que tá"

Miguel Andrade disse...

Glauco, eh! Uma graça este comercial mesmo!

Refer disse...

Eu gostava mais de Vick Maltema. O jingle da Toddy (Quem sabe, sabe) era tão forte que virou sucesso do carnaval com Joel de Almeida. No final dos 50, ou começo dos 60 saiu o Toddy em vidro, o jingle do lançamento era tão poderoso que Celly Campello o cantava nos shows!
Desencana, Miguel, 'juventude' foi uma bobagem inventada nos anos 60. Isso acabou com o fim do sonho.

Miguel Andrade disse...

Refer, já eu, lembro da transição do vidro para o plástico.

Achava que "Quem sabe, sabe" era nome de programa de TV. Você lembra desse jingle?

Refer disse...

Lembro do refrão. E o hit de carnaval de Joel de Almeida não me deixa esquecer. A música é a mesma, a letra ganhou um pequeno ajuste.
Toddy: 'Quem sabe, sabe, conhece bem,por isso Toddy, prova o que tem' / Joel: 'Quem sabe,sabe, conhece bem, como é gostoso, gostar de alguém'
Até o fim da vida o Magrinho Elétrico (morava num prédio na Praça Júlio Mesquita, no Centrão, conheci o figura) cantou essa música.

Miguel Andrade disse...

Refer, é o "Conceição" do Magrinho Elétrico! :D

Tchia Deslogada Ovomaltínica disse...

Atóron o "rapidez mental", hehe.

Miguel Andrade disse...

Tchia, Toddy é um elixir milagroso contra pensamentos do tipo "Dããã..."

Related Posts with Thumbnails