quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Grace Jones a 300 quilômetros por hora

A união entre Grace Jones e o designer, diretor e fotografo Jean-Paul Goude gerou muitos frutos. Artisticamente falando, o principal deles foi a criação de um poderoso mito estético 80’s.

Goude, que conheceu a artista numa das tresloucadas noites nova iorquinas do final da década de 70, desenvolveu de capas de discos a apresentações de palco. Numa era pré-computação gráfica  abusou dos recursos de manipulação de imagem.
Como produto lindamente pop que é, campanhas publicitárias não ficariam de fora. O principal deles talvez seja o que você pode assistir abaixo, produzido em 1985.

Esse pesadelo delirante de menos de um minuto para anunciar o novo Citroën CX 2 na França é quase um emblema de seu tempo. Exibido em alguns outros países, gerou controvérsia por apresentar “velocidade demais”, mas podemos suspeitar de outros motivos.


A parceira entre Grace Jones e Jean-Paul Goude, tão prolífica, chegaria ao fim em 1989. Justo quando ela lhe informou estar grávida e a paternidade não estava em seus planos.

Veja também:
Katrina Vs. Santanico Pandemonium

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails