sexta-feira, 9 de novembro de 2012

As perseguidinhas de Joan Crawford

Bem célebre (e deliciosa) a animosidade que Joan Crawford mantinha por Bette Davis, mas não foi a única. Há registro de histórias envolvendo pelo menos outras três atrizes, ou melhor, devem ter existido dezenas, mas há três histórias mais conhecidas.

Crawford chegou a desabafar para imprensa o absurdo que era Hollywood ter se rendido a um par de peitos quando Marilyn Monroe se tornou a bola da vez. Contenda que teria começado muitos anos antes, quando Marilyn era apenas uma aspirante que teria recusado a amizade da veterana.

Línguas de Matilde apontavam (e apontam) uma paixonite não correspondida por parte de Joan Crawford. Leia o post “FIGHT! Joan Crawford Vs Marilyn Monroe” clicando aqui.

Com a colega de estúdio Norma Shearer a implicância teria começado na segunda cerimônia do Oscar, em 1930. Shearer estava indicada ao prêmio por dois filmes, saindo vitoriosa por um deles.

Em alto e bom som, Joan Crawford teria dito que foi uma vitória óbvia, “Afinal, ela dorme com o patrão!”. Shearer era a recente esposa do produtor Irving Thalberg, chefão da MGM e um dos fundadores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

No livro Mamãezinha Querida, Christina Crawford relembra o bode que sua mãe tinha da Katharine Hepburn. Isso, segundo a autora, porque todos os técnicos dos estúdios disputavam a tapa quem iria participar de qualquer filme com Hepburn, sendo que exatamente o oposto acontecia com os seus.

Educada e afável, Hepburn costumava até a parar as filmagens para promover piqueniques com todos os presentes. Em compensação, sets onde Joan Crawford trabalhava costumavam ser bem turbulentos.

De qualquer forma, publicamente sempre rasgou elogios ao talento de Katharine Hepburn. Assim como também não dispensava declarar sua admiração por Bete Davis.

Veja também:
FIGHT! Joan Crawford Vs Marilyn Monroe

Joan Crawford por Bette Davis

5 comentários:

Dino Costa disse...

Adoro uma fofoca bem contada! rsrsrs Joan Crawford minha ídola para sempre! rsrs

Miguel Andrade disse...

Dino, minha também, sempre e sempre. Mas eu fico divido... :(

Dino Costa disse...

Nahh..sempre dá para gostar das duas! :-p

http://www.flickr.com/photos/justrefined/5885932435/

Miguel Andrade disse...

Dino, a da Joan tá bem parecidinha, hein?

MC disse...

Hoje dizer-se-ia sobre alguém assim:
-"Que grande Vaca!".

Agora entendo muita coisa.
Para começar, que diz em alto e bom som que fulana tal só ganhou um prémio porque é esposa do patrão ou dorme com este ou aquele está a assumir duas coisa: Desdém (vulgo dor de cotovelo) e a sua própria índole (gosta de subir na horizontal).

Related Posts with Thumbnails