quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Feliz dia do índio!

Sei bem que é só em 19 de abril, mas como todo ano planejo poste e esqueço, não resisti. Aliás, “sei bem “ nada! Fui ao Google.

E eu tô sabendo quem é Red Ryder agora, por pura ignorância. Tem um bom verbete na Wikipédia em português, bom sinal de popularidade.

Herói de histórias em quadrinhos 30’s que no Brasil é mais conhecido como Nevada. Não me pergunte a relação entre Nevada, vermelho, coisa e tal.

O indiozinho navajo era seu fiel escudeiro Pequeno Castor ou Castorzinho (Little Beaver). Além de amizade com Peles Vermelha, Nevada não matava os inimigos, mas os desarmava.

Bem prafrentex! Além de HQs e tirinhas de jornal, virou seriado radiofônico e depois seguiu inevitável carreira na TV e cinema.

Aqui, ainda segundo a Wiki, apareceu a partir da década de 40 em publicações da Rio Gráfica primeiro como “Cavaleiro Vermelho”, depois é que a EBAL o batizou de Nevada. Por último, a Editora Vecchi o incluía nas coletâneas "Histórias do Faroeste".

A capa é um oferecimento Bermoraca, o quadrinho Davy Crocketts Almanack

Veja também:
Multimídia por natureza


[Ouvindo: Oblivion – Astor Piazzolla]

6 comentários:

Refer disse...

Uhmn, mais ou menos... Fred Harman desenhou 2 heróis do faroeste em quadrinhos, Bronc Peeler e (depois) Red Ryder.'Nevada' foi o nome que a EBAL deu para Bronc Peeler no Brasil (?o nome original era de dificil tradução??) porque era um codinome do herói (Bronco Peeler, o ruivo de Nevada); mesmo assim, BP chegou a ser editado aqui, nos anos 50, por outra editora, com o nome Bronco Piler. Seu sidekick era o Castorzinho. Depois, Harman parou com Bronc Peeler e passou a desenhar Red Ryder — mas não resistiu em levar Castorzinho para acompanhar RR também! Essa foi a "confusão" que no Brasil ampliou com o uso do nome 'Nevada' para os 2 heróis.

Fred Harman tinha um traço rústico, tosco, que os fãs brasileiros de HQ de faroeste curtiam muito. FH era, ele próprio, um cowboy autêntico, além de desenhista. Quer dizer, o cara sabia do que estava "falando".

No cinema, Castorzinho foi vivido por Robert Blake (o Baretta) quase de fraldas. Vai no Google em Robert Blake Little Beaver para ver as fotos.
Não sei quem é esse índio aí (não é o Blake), mas o Red Ryder é o Bill Elliot.

Miguel Andrade disse...

Refer, a Wikipédia em português clama por pessoas com o seu conhecimento. podia ir lá dar umas elucidações.

Refer disse...

A Wiki está muito bem sem mim. Nunca soube que esse herói já foi chamado Cavaleiro Vermelho — meu palpite é que se tratou de uma tradução imediata e meia boca para Red Ryder; esse 'red' na verdade é 'ruivo'.

Leticia disse...

Nem me fale em Wikipedia. Estou numa picada aqui no trabalho que vou te contar! Nomezinho razoavelmente conhecido da história de São Paulo, nem pensar! Pior que estou sem tempo de consultar alfarrábios e arquivos fantásticos e tal: a cada duas linhas, uma dúvida.

Refer disse...

Letícia, "um amigo é prá cúdiotro", como canta o Tiririca.

Se vc achar que eu posso te ajudar a tirar dúvidas, pode mandar para mim, no meu email.

Miguel Andrade disse...

Refer e Letícia, aquilo ali é uma luta de poder de nerds que não eram populares na escola. Uma desgraça.

Até estranhei mesmo o tamanho desse verbete. Qualquer coisa que os asnos não conhecem eles limam.

Em outras línguas parece que flui muito melhor.

Related Posts with Thumbnails