terça-feira, 18 de outubro de 2011

Império do swing

Agora sim! Refiro-me ao swing, swing maroto. Daquele praticado por casais liberais, não ao ritmo musical.

Nas décadas de 60 e 70 a prática ficou tão comum que até produtos específicos foram lançados como estes copos. Que pra mim não fazem lá muito sentido.

Colocava-se essa corrente no pescoço e...? Não dava pra colocar em uma mesinha, em um cantinho qualquer? Idealize todos os convidados com isso no pescoço...

O texto da embalagem diz que é para as mãos ficarem livres para coisas melhores. Que farra deviam ser estas festinhas.

No cinema recordo agora da troca de casais em Tempestade de Gelo (The Ice Storm, 1997 de Ang Lee). O sorteio de quem ficava com quem era feito pelas chaves dos carros postos todas num pote de vidro.

Também vi algo semelhante na série That '70s Show, óbvio. Um hábito tão da época da revolução sexual (a partir dos anos 60) que não poderia ficar de fora.

Os copos para swingers é o segundo produto do tipo que posto aqui. Antes teve o manual (de bolso!) para os adeptos. Relembre clicando aqui.

As imagens são um oferecimento silent porn-star (+18)

[Ouvindo: Never There – Cake]

12 comentários:

Refer disse...

O filme que "simbolizou" essa prática para minha geração foi Bob, Carol, Ted e Alice, com Dyan Cannon, Robert Culp, Natalie Wood e Elliott Gould. O filme é pudico e, no fim, a troca NÃO ACONTECE.

Mesmo assim, foi considerado "um escândalo", principalmente por quem não viu! O que melhor me lembro do filme é do tema musical, de Burt Bacharah, cantado pela sempre wonderful Jackie DeShannon:

http://www.youtube.com/watch?v=vp1F16_7lO0&feature=fvsr

Miguel Andrade disse...

Refer, e tem em Cabaré também. Mas esse que falei, por ser 90's, ms passado nos 70 mostra de forma didática. rs

Vou ouvir já!

Glauco disse...

Tipo, é para não largar o copo até no momento mais caliente do swing? rsrs

Miguel Andrade disse...

Glauco, deve ser! Povo pelado com isso no pescoço... :-/

Glauco disse...

Nem vou perguntar em que momento você para pra tomar um gole, rsrs.

Miguel Andrade disse...

Glauco, pois é! Gole de coisa inevitável que não pode ficar distante?

Ou será que é pra não tomarem do seu copo? ... Todo mundo botando a boca em tudo...rs

Lila disse...

E eu, incauta, achei que essa prática surgira nos anos 90...
Ingênua!!kkkk
Mas acho que esses copos têm várias funções, é só dar assas a imaginação, o que não falta nessas festinhas!!kkkk

Miguel Andrade disse...

Lila, melhor não! Minha imaginação voou!!! Hahah!

Leticia disse...

De toda a história de exploração do swinguismo, esse é o produto mais tranqueira. Será que alguém adquiriu?

Miguel Andrade disse...

Letícia, pelo estado bem conservado que ainda se encontram à venda, NÃO! Hahaha!!!

Leticia disse...

Rs!

Miguel Andrade disse...

Letícia, rsrs!

Related Posts with Thumbnails