quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A última grande loira

À medida que vamos nos afastando da década de 90, fica mais claro as rupturas que ocorreram ali. Sharon Stone, considerada a mulher do ano na capa da revista Set de dezembro de 1992 marca a última grande loira hollywoodiana.

Arquétipo de divindade imaginária e inatingível, existia uma (apenas uma) no topo para cada década talvez desde Jean Harlow nos anos 30. Não eram necessariamente grandes atrizes, premiadas com Oscares, mas eram invejadas, admiradas e copiadas.

Sharon Stone foi alçada ao posto ao cruzar as pernas em Instinto Selvagem (Basic Instinct de Paul Verhoeven). Logo depois tentaram Cameron Diaz como substituta, mas a moça não tinha a mesma aura, e parece que ela nem quis.

Sabíamos claramente que o tipo “loira hollywoodiana” era um ser em extinção. Stone disputava capas de revista com as super top models, as bonitonas glamourosas da vez.

Até então, atrizes de cinema americano sempre reinaram sozinhas nas bancas de revista. Hoje, após quase duas décadas, todas elas se misturam a celebridades e subcelebridades das mais diversas áreas.

[Ouvindo: Blues in the Night - Quincy Jones]


17 comentários:

Diogo disse...

E eu esperando a página carregar preparado pra ver uma loira em um vestido...basta um charuto e já tá pronta né dona sharon? haahah

Miguel Andrade disse...

Diogo, e é cueca que ela tá usando. lembro das outras fotos dessa série. Outra moda 90's: Lesbian Chiques.

Anônimo disse...

Quem, o Macaulay Culkin ?
kkkkkkkkkkkkkk!

Miguel Andrade disse...

Anônimo, esse só ~apronta~! Kkk

Moyses Ferreira disse...

saudades da SET e da Sharon! Ela fez um filme porcaria com a Whoopi, que gostei muito. esqueci o nome.

Mi, comprei essa semana umas 20 SET num sebo de rua qui perto. todas de 89-90. lembrei de vc.

Miguel Andrade disse...

Moyses, eba! Deve ter alguma das que me faltam. Faz tempinho que n]ão vou em sebos.

Também senti falta dela quando fui procurar esta capa na coleção. Pro bem ou para o mal era divertido colecionar todo mês.

Ruim que ultimamente as capas estavam bem previsíveis: Qualquer filme de super herói que estivesse saindo.

Moyses Ferreira disse...

Tb adorava colecionar. to mergulhando de cabeça na parte dos vhs. to escaneando tudo. mas se eu tiver alguma que vc não tem, te mando de presente. depois de copiar e compartilhar pelo burleta, não tenho muito interesse em ter a revista original. aqui parece o museu da imagem e do som!!! bjs!!

Miguel Andrade disse...

Moyses, obrigado! Escaneei todas as minhas até certo ponto. Quando o scanner era novo.

Depois a preguiça vingou.

Glauco disse...

Eu tenho essa edição da SET. Já tentei, mas não consigo me desfazer da minha coleção.

Miguel, tenho a impressão que a Shron "não sobreviveu" a metade da década de 90.

Após ela, acho que a Nicole Kidman tenha sido a loira da vez.

Dino Napoleão disse...

Moyses as Set que vc comprou no sebo ainda vem com aquelas fichas de filmes pra destacar? eu colecionava tb, adorava. Lembra Miguel e vc ainda possui suas fichas com detalhes sobre o filme,parte técnica e tudo?
Achei que a Sharon iria fazer trabalhos relevantes, mas a carreira dela ficou só na imagem de Instinto Selvagem, poucos filmes realmente bons, ela realizou.
Instinto Selvagem 2 só valeu pra mim a Charlotte Rampling, tinah momentos no filme que ela parecia a Ana Maria Braga,sei lá achei estranho, rs

Miguel Andrade disse...

Glauco, também não consigo me desfazer da minha. nem quero. Não me atrapalha em nada.

Não acho! Kidman nunca foi essa mistura invejada e imitada pelas outras de pinup com atriz.

Nem encheu capas e capas de revista por ser apenas linda. Tanto que até levou Oscar.

Dino, sim! Todas destacada e organizadas por diretor dentro de um pote de sorvete. Era uma delícia esperar quem estaria na capa e quais fichas viriam.

Erro dela que logo depois ficou fazendo trabalhos parecidos. Pelo menos ficou com o Globo de Ouro em Casino, que acho chato pra cacete.

Nossa! Não vi Instinto Selvagem 2. Hahaha! Na Mulher gato ela já estava meio Ná Maria.

Luiz Alberto disse...

Tenho coleção da Set e da Cinemin. A Set eu parei de comprar há alguns anos, desde que ela virou uma revista de quadrinhos. O Sadovski é um idiota.

Tenho vontade de vender tudo mas falta coragem também.

Miguel Andrade disse...

Luiz, a Set ficou anos agonizando em praça pública. Sob o comando de quem não se lixava pra cinema.

Não venderia pq volta e meia as leio.

Luiz Alberto disse...

Eu gosto de ler revistas antigas, tenho mais de duzentas SET´s, desde a número 1. O problema é a falta de espaço. Compulsão por coleção é um problema sério. Sou maníaco por LP´s e eles são bastante territoriais. Os livros ocupam um grande espaço, fora CD´s e DVD´s...

Mudança é um pesadelo, mover essa tralha toda é um inferno. Uma hora vou ter que tomar coragem e me desfazer de muita coisa.

Miguel Andrade disse...

Luiz, quando eu conseguir me desfazer dos VHS que já tenho em DVD estarei muito feliz. Jogar simplesmente no lixo? D:

Luiz Alberto disse...

Consegui me desfazer dos VHS´s, nem tenho mais videocassete. Doei tudo para os amigos que ainda fazem coleções.

Jogar no lixo não dá, é legal sempre encontrar alguém que irá cuidar das raridades!

Miguel Andrade disse...

Luiz, ah, mas eu não encontro!

Related Posts with Thumbnails