quarta-feira, 11 de maio de 2011

Amiga brasileira de Joan Crawford

Há um verbete para Zuzu Angel na enciclopédia sobre Joan Crawford feito pelo site The Best of Everything. E não é no Z, o que poderia caracterizar falta de assunto referente à letra.

Zuzu e Crawford teriam se conhecido em 1969, quando a atriz veio ao Brasil como executiva da Pepsi. A atriz se tornou uma fã da estilista brasileira assim como as colegas Kim Novak e Liza Minnelli.

O verbete ainda explica que Zuzu Angel era uma ativista contra a ditadura política de seu país, e que morreu num suspeito acidente de carro em 1976. Infelizmente o link que eles indicam, com a moda dela está fora do ar.

Outra conterrânea conhecida que esteve cara a cara com a Joan Crawford foi Dulce Damasceno de Britto. Mas nesse caso, a amizade não vingou.

A jornalista conta em seu livro de memórias “Hollywood Nua E Crua Parte II” que quando foram apresentadas pela primeira vez, o relações públicas da Universal perguntou: “Você já conhece Dulce Damasceno de Brito?”. Querendo ser gentil e simples, Joan apertou-lhe a mão e respondeu: “Claro que sim! Como vai? You look swell!”.

Elas realmente nunca haviam se visto pessoalmente antes. De qualquer forma, a única brasileira da imprensa a vivenciar os anos dourados de Hollywood achou-a encantadora nas suas maneiras de grande estrela.

13 comentários:

Refer disse...

Existe uma cinebiografia de Zuzu Angel, de 2006, com Patricia Pillar.

http://www.interfilmes.com/filme_15887_zuzu.angel.html

Miguel Andrade disse...

Refer, sim, existe.

DAVI VALLERIO disse...

teve um linha direta com a Zeze Polessa

Miguel Andrade disse...

Davi, sobre a Zuzu? Só lembro da do Joelma e Castelinho da Rua Apia. Pavor!

Leticia disse...

Engraçado que não sei de livro sobre ela... Deve haver, não? (fora algum derivado do filme, é claro...)

Anônimo disse...

Amo as duas! Parabéns pelo post!

Jumara
www.degradedamoda.blogspot.com

Miguel Andrade disse...

Letícia, deve. E o filme deve ser bem ruinzinho pra ninguém ter falado muito sobre ela.

Jumara, obrigado.

Leticia disse...

Acho que voltou a funcionar...

Miguel Andrade disse...

Letícia, gente!!! Tinha uns outros comentários aqui. O que será que aconteceu?

Leticia disse...

O Blogger não foi vendido? Teve aquele buraco negro que qualquer mudança tem.

Semana passada, Miguel.

Então foi coâncidânce sua ausência.

De qq. modo, que bom que você está de volta! Lá vou eu pra garota desfiada. Bjs,

Miguel Andrade disse...

Letícia, fui pra tratar documentos, minha mãe acabou ficando mais uns dias. Não consigo deixar ela sozinha na sala e eu aqui.

Hoje fiz um esforcinho.


Mas sumiram VÁRIOS COMENTÁRIOS daqui!

Wipsley Mesquita disse...

Há um livro chamado "Eu, Zuzu Angel, procuro meu filho" no qual Virginia Valli apresenta um longo depoimento da Zuzu.
O filme do Sérgio Rezende não é dos piores, mas poderia ser bem melhor. Vale mesmo pelo resgate da história e pela interpretação da Patrícia Pillar.

Miguel, você falou da Dulce Damasceno no post... eu lembro uma vez, num bate-papo que o Ruy Castro fez no Memorial da América Latina um cara perguntou a ele sobre ela ter conhecido a Carmen Miranda, e do livro que ela escreveu sobre Carmen. A Dulce foi das poucas pessoas que simpatizavam com o marido da Carmen, o que fez o Ruy não confiar muito no relato dela sobre o casamento deles. Ahahaah

Miguel Andrade disse...

Wipsley, e eu ainda não vi Zuzu, acredita?

Em algum destes posts, não me lembro mais qual, o Glauco (também se não me engano) comentou esse lance da Dulce defender. E eu disse que é natural, já que elas eram amigas íntimas.

Provavelmente quis preservar a memória. Faço o mesmo com alguma que nem conheci! rs

Related Posts with Thumbnails