sábado, 5 de março de 2011

Anos dourados do glacê

E tai coisa que nunca contei pra ninguém. Acho que nem pra mim mesmo, mas: ADORO BOLOS DECORADOS!

Decoravam com mais magia kitsch qualquer mesa de festa, acompanhando muito bem cajuzinhos, coxinhas e salgadinhos e docinhos com nomes no diminutivo em geral. Orgia de gordura vegetal com corante alimentício.

E aí que o tempo passou, e na busca por praticidade eles foram esquecidos! Deram lugar aos ordinários de cobertura de brigadeiro e chocolate granulado.

Mais gostosos, mas menos felizes. Tem como contradizer isso? No máximo enfeitam simploriamente as mixarias dos cup cakes.

Parece que como toda moda, tende a voltar. O Fox Life exibe até o reality Ace of Cake, onde especialistas produzem os mais exóticos bolos.

Os resultados variam entre o medonho e o assustador. Não perco um na esperança de ver algo realmente bacana.

A gordura vegetal foi substituída por pasta americana. Tudo fica com cara de biscuit digno das tiazinhas que iam à Ana Maria Braga, e o contato do açúcar nos dentes? Outra desvantagem da modernidade diante do antigo creme rico em gordura trans.

Liz Taylor comestível é do tradicional modo, embora ouse ser tingido com aerógrafo. Faz parte do livro Magic in Frosting, a bíblia dos bolos cafonas.

Pra quem não treme (lembrei da piada do Zequinha pedindo pra vovó leva-lo pra fazer pipi! Rá) pode arriscar fazer até elefantes cor-de-rosa no galcê amanteigado. Ricamente ilustrado, ensinado passo a passo.

Impressione seus amigos! Clique aqui e comece já uma nova e lucrativa (?) carreira. Quê?

[Ouvindo: Heavy Changes– Gene Page]

28 comentários:

Leticia disse...

Fui lá no site que você indicou e A-DO-REI! O bolo em forma de túmulo.

Miguel Andrade disse...

Letícia, túmulo com um cachorrinho saudoso. hahah

djalma disse...

Não sei se você conhece o Cake Wrecks, lá tem bolos e decorações que fariam a Dona Benta chorar lágrimas de sangue:

http://cakewrecks.blogspot.com/

Falando em culinária dos anos dourados, sabe o que me faz morrer de desgosto mil vezes seguidas? A tal galantina, a queridinha da culinária dos anos 50 a 70 e, por isso mesmo, uma das estrelas da coleção "Bom apetite" (que toda mamãe prendada ou vovó tem).
Tem algumas fotos de galantina no livro que parecem vômito encasulado num tijolo de gelatina, traumatizante!

E olha, acho que o trauma é genético, pois na minha família TODO MUNDO sempre teve nojo de galantina, hahaha

Leticia disse...

Nossa, Djalma, fui procurar. Nem sabia que essa coisa tinha o nome de galantina. É uma versão mais sofisticada das linguiças enfiadas nas carnes, não?

Miguel Andrade disse...

Djalma, conheço! Só coisa linda!

Galatina são cubos de gelatina colorida envolta num creme? Se for eu Amo!

Todo doce cremoso assim adoro. Mesmo este glacê amanteigado colorido, lembro que todo mundo tirava de cima do bolo e eu pedia pra comer.

Letícia, não sei o que é! O Google me mostrou fotos de igrejas.

Leticia disse...

Ué! Pra mim apareceram tortas salgadas com coisas embutidas. Tipo cuscuz amarelão com legumes decorativos, aquele efeitão quando você corta. Imagino que é a isso que o Djalma se referiu.

Cê digitou direito?

Miguel Andrade disse...

Letício, creio que sim. ~cervejinhas~ aqui!

djalma disse...

Leticia, bingo!

Miguel, galantinas são pudinzões salgados de gelatina:

http://tvtem.globo.com/culinaria/receita.asp?EditoriaID=13&codigo=4162

Mas os desse link não são tão feios como os de Bom Apetite... que estão mais próximos dessa "coisa":

http://www.flickr.com/photos/32409740@N07/3395630815/

Ugh! :x

Miguel Andrade disse...

Djalma, Pudins salgados? Argh!

Leticia disse...

Miguel, vai saber os critérios de cada Google?

Pois é, Djalma. No meu mundico digstivo, gelatina só doce.

As variações com massa, até pode ser.

Miguel Andrade disse...

Letícia, fascinante como comida popular também vive um vai e vem de moda.

djalma disse...

Leticia e Miguel,

acabo de voltar da casa de meus pais e vim com presentinhos: fotos de galantinas diretamente dos livros Bom Apetite, edição de 1968. Fotografei 19 pratos, todos belíssimos como este:

http://img51.imageshack.us/img51/5120/20110308135342edit.jpg

E também muito apetitosos:

http://img688.imageshack.us/img688/9486/20110308141625edit.jpg


Que tal um minuto de silêncio antes da próxima iguaria? Foi lembrando desta aristocrática galantina que fiz aquele meu primeiro comentário, o do "vômito encasulado no tijolo de gelatina":

http://img847.imageshack.us/img847/6709/20110308134722edit.jpg

:(

Miguel Andrade disse...

DJAAAAALMA!!! Não consegui abrir! Agora fiquei curioso.

Acho que os links estão errados.

djalma disse...

Miguel,
os links estão certos mas eu não sei usar html e ficou assim, hahaha

Mas dá certo copiando/colando pra barra de endereços:

http://img51.imageshack.us/img51/5120/20110308135342edit.jpg

http://img688.imageshack.us/img688/9486/20110308141625edit.jpg

http://img847.imageshack.us/img847/6709/20110308134722edit.jpg

Bon appetit! (rs)

Miguel Andrade disse...

Djalma, hahaha! Ainda não! Precisa estar logado como você pra vê-las.

Pra mim só aparece o sapinho.

Manda por e-mail, por favor, se você puder: miguelandrade100@gmail.com

djalma disse...

Que mico, não sei o que fiz de errado com os links... email enviado.

Miguel Andrade disse...

Djalma, já respondi com água na boca. Brinks!

Daniel Tavernaro disse...

Ah, e agora somos nós outros que ficamos na curiosidade, é, rs?

Bom.... Nunca nem vi essa coisa com gelatina - e salgada. Detesto comida muito cheia de cor. Aquele doce que eram cubinhos coloridos de vários sabores de gelatina + um creme de sei lá o que me dava calafrios!

Miguel Andrade disse...

daniel, já eu me encanto por tudo que é grande, colorido e doce, muito doce!

Olha, uma das fotos que o Djalma me mandou da tal Galatina:
CLIQUE AQUI

ARGH!

Leticia disse...

Só consegui ver mesmo a que você linkou, Miguel. Pena...

Sabe o que gosto de fazer com gelatina (doce, é claro)? Picar pedacinhos minúsculos de maçã e eles ficam lá, boiando...

Coisa tão simples, mas tão gostosa! Ah, e com qualquer tipo de creme: creme de leite, chantilly, até coalhada.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas tenho preguiça de mexer com gelatina depois que tá pronta. No máximo misturo ao iogurte e aveia.

Daniel Tavernaro disse...

kkk

Esse "Rosbife Gelatinado" é a versão old fashion daquela famosa torta "aproveita tudo": uma massa padrão, de liquidificador, e o recheio é você que inventa, aproveitando as sobras de tudo que tem na geladeira, rs.


>>> Bom, aproveitando o comentário, venho dizer que o Blog, recém descoberto há 3 semanas por mim, é meu novo vício!

Leticia disse...

Daniel e Miguel, tenho problemas com tortas que aproveitam tudo. Não que eu rejeite, mas acho uma culinária tão negligente...

E nem quero parecer besta ao dizer isso, mas não gosto de coisas tipo arroz misturado com coxa de frango, aquelas de panelão pra mil pessoas.

Porque aquele argumento do "fazer de vez em quando" cede sempre ao "fazer sempre", sabe?

Miguel Andrade disse...

Letícia, não suporto este arroz com frango no meio. Aliás, frango só peito e assado.

E olha que sou um bom garfo. Como de tudo por pior que seja, na fé que esse desprazer passa logo.

Leticia disse...

É, sou mais ou menos como você...

Fico tão receosa de as pessoas me interpretarem mal com essas coisas...

É que acho um desrespeito, tipo aquela combinação "todo mundo traz um prato", e acaba todo mundo trazendo a mesma torta de entulho, sabe? Aquela enganadinha, aquele "assim tá bom".

Queria ver mais gentileza nessas coisas, a pessoa surpreender e trazer, sei lá, um merengue de morango.

Miguel Andrade disse...

Letícia, sei... Fazer por carinho ao próximo.

Leticia disse...

Claro!

Miguel Andrade disse...

Letícia, topo nem ir se tiver que fazer a contragosto. Nunca você me verá fazendo algo que não to afim, que não seja compromisso profissional.

Related Posts with Thumbnails