sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A lenda da rádio fantasma

Bem interessante o site Horror Theatre, dedicado a transmitir histórias de terror radiofônicas de épocas remotas. Remotíssimas!

Dá pra sentir o espírito dos que tinham apenas as ondas de rádio como forma de entretenimento doméstico. Este avô de todas as mídias eletrônicas exigia apurada imaginação dos ouvintes, por isso era tão bem sucedido para dar calafrios.

Está em inglês, e pode ser reproduzido em diversos formatos e players. Atente que programação (playlist)ininterrupta segue fuso horário dos EUA.



[Ouvindo: Valentino's Had Enough– Expressos]

8 comentários:

Refer disse...

Até o final dos anos 50, pelo menos, houve vários pgms no rádio de São Paulo e do Rio com radionovelização (é assim que se diz?) de histórias macabras.

http://www.carosouvintes.org.br/blog/?p=3225

Miguel Andrade disse...

Refer, que bacana!!! Será que isto sobreviveu?

Refer disse...

Acho que se vc pesquisar na net deve encontrar áudio de algum daqueles pgms. Eu me lembro vagamente de um deles na Rádio Record — as pessoas escreviam para a rádio contando os casos que (supostamente) aconteceram com elas ou com pessoas próximas delas e o programa radionovelizava as histórias. Se eu lembrar o nome certo do pgm te dou um toque; um dos meus 2 neurônio está dizendo que é 'Histórias do Além'. O pgm famoso do Rio no gênero era 'O Sombra'.

Miguel Andrade disse...

Refer, O Sombra era um personagem famosão, mas de aventura.

Refer disse...

É verdade, O Sombra brasileiro era uma adaptação de The Shadow americano, que rendeu gibi e filme para cinema, mas me parece que o brasileiro tinha um viés sobrenatural, além de aventuresco.

Havia O Sombra no rádio paulistano, também, porém, não lembro de ter ouvido.

Miguel Andrade disse...

Refer, lembra que O Sombra apareceu na novela Feijão Maravilha?

Refer disse...

Não lembro, melhor, nunca soube.

Tenho referências completamente diferentes, o que faz de mim um "alienígena". Feijão Maravilha, pra mim, tem a ver com As Frenéticas, e com uma música escrita, estranhamente, pelo Gonzaguinha. Mas sei que está ligado a um tema-musical de telenovela.

Lembro de ter lido que O Anjo, outra radionovela (policial)carioca dos anos 1950/60, foi referida numa telenovela.

Esse personagem chegou aos quadrinhos e foi desenhado por Flavio Colin à semelhança de Jardel Filho, que na época era ator da Globo.

Será que vc não está confundindo O Sombra x O Anjo?

NOVELEIROS, socorra-nos!

Miguel Andrade disse...

Refer, O Anjo é bastante lembrado no filme O Escorpião Escarlate do Ivan Cardoso. Vivido por Erson Capri, O Anjo é o mocinho da fita.

Na Feijão Maravilha havia o mistério de quem era o Sombra. José Lewgoy, se não me engano...

Related Posts with Thumbnails