terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Com ou sem cobertura?

Pra ser estrela de Hollywood precisava ter aquele “it”, e algumas mudancinhas visuais. Clark Gable arrancou todos os dentes conforme já contei aqui, Margarita Carmen Cansino levou dolorosos eletro-choques na testa para se tornar a estonteante Rita Hayworth ...

E que boa alma deve ter sugerido ao Yul Brynner rapar totalmente os cabelos? Ficou mil vezes melhor do que na época em que trabalhava como modelo!

Ele ficou careca em 1950 para ser o Rei do Sião na montagem teatral de O Rei e Eu. Antes de ser o astro de primeira grandeza que se tornou.

Brynner só entraria para o cinema em 1956, na adaptação cinematográfica de O Rei E Eu (The King and I de Walter Lang). Ganhou o Oscar de melhor ator logo no papel de estréia!

Interpretou um monte de chefes de estado, reis e faraós graças ao talento e classe nata. E inegavelmente à cabeça lustrosa, claro!

[Ouvindo: Symphony No.4 In E Flat: I. Bewegt. Nicht Zu Schnell (Bruckner) – Staatskapelle Dresden]

16 comentários:

Refer disse...

Yull Burner(??); Brynner, vc quis dizer.

A questão é que YB começou a fazer o rei do Sião no teatro, no começo dos anos 1950, e durante décadas não parou mais de fazer o personagem, que tinha a cabeça raspada; fez filme, fez série de TV. Aí já não tinha + sentido deixar o cabelo crescer....

Um dos melhores filmes que vi na vida foi Westworld, com YB, um SF dukacete.

Miguel Andrade disse...

Refer, to dormindo aqui! Arrumei on nome.

Mas não foi isso que está escrito no post?

Refer disse...

uhnm, não.

A mim parece que vc diz que raspar a cabeça foi uma solução cosmética para melhorar a aparência dele, quando foi somente um artifício para que YB se adaptasse a um personagem.

Mas sou meio lesado e entendo tudo pela metade.

Miguel Andrade disse...

Refer, terceiro parágrafo:

"Ele ficou careca em 1950 para ser o Rei do Sião na montagem teatral de O Rei e Eu. Antes de ser o astro de primeira grandeza que se tornou."

Maul disse...

Inegavelmente, voto pelos sem pellos: sem cobertura!!!

Bj sem pelos

Miguel Andrade disse...

Maul, o senhor é suspeito na avaliação! Hehe

Glauco disse...

Recentemente a filha e YB lançou um livro de fotografias que o pai tirava nas horas vagas, especialmente nos sets de filmagem. O pouco que vi me pareceu muito bom o trabalho dele.

Miguel Andrade disse...

Glauco, não duvido. Ele tem jeito de ser uma pessoa de bom gosto.

Fabulastic disse...

E já viu aquelas fotos marotas que o Yul fez causando o maior «sururu» em Hollywood?

Miguel Andrade disse...

Fabulastic, já! E é ele mesmo... E com cabelos! rsrsrs

Moyses Ferreira disse...

Adoro um careca!!! Tb fiz um post sobre o tema um dia desses. BJS!

http://cineburleta.blogspot.com/2010/07/carequinha-carecao.html

Miguel Andrade disse...

Moyses, vou lá ver!

Leticia disse...

Ele era um nada visualmente. Depois ficou interessantíssimo. Note também que deu um plá no arqueado das sobrancelhas... e o nariz deve ter sido afinado na maquiagem.

Miguel Andrade disse...

Letícia, também acho! Fez bem em assumir forever o visu!

Leo disse...

What a difference a razor blade made.

Miguel Andrade disse...

Leo, ;)

Related Posts with Thumbnails