quarta-feira, 15 de setembro de 2010

A maldição das crianças que choram

Pesadelo infantil 80’s!!! Esses quadros de crianças chorando estavam por todos os lados!

O que me contaram, e pra mim era o suficiente pra fugir deles, era que se a gente virasse de ponta cabeça aparecia a imagem do diabo! A casa que o possuísse estava amaldiçoada.

Minha mãe nem deixava a gente ficar debatendo muito assuntos do oculto. Nem propagar boatos de origem duvidosa...

Só agora, nesse mundão de informações desnecessárias que é a internet me deparei novamente com esse mito. A historinha é mais ou menos a mesma, mas mais aprofundada.

Bruno Amadio
, que também assinava como Giovanni Bragolin e alguns outros pseudônimos, foi um pintor italiano que nasceu em 1911. Durante o regime de Mussolini refugiou-se na Espanha onde executou suas telas conhecidas como "Crying Boys".

Ao todo seriam 27 quadros com crianças chorando e um olhar melancolicamente distante. O enorme sucesso internacional fez com que incontáveis reproduções e imitações fossem vendidas a partir da década de 1970.

Com biografia pouco conhecida, (teria falecido em 1981), comentasse de tudo! Até que seus modelos foram crianças de um orfanato que se incendiou, ou vítimas de rituais macabros.

E o principal: Na miséria, o artista teria feito um pacto com o tinhoso para conseguir êxito de suas obras!!!

Como toda boa lenda urbana, está ancorada por possíveis aparições em conhecidas mídias. “DIZEM que o pintor apareceu no Fantástico pedindo para que quem tivesse suas telas as queimassem!”, ou “O The Sun TERIA descoberto as mensagens satânicas subliminares...”, etc.

Segundo esta página (em inglês), os boatos teriam começado em 1985 quando um incêndio destruiu totalmente um lar de Rotherham, Sul de Yorkshire (Inglaterra). Teria restado intacto apenas um dos quadros de Bragolin, o que foi suficiente para sensacionalista The Sun deitar e rolar.

O garoto seria Don Bonillo, um menininho que o artista conheceu em 1969, aos prantos numa praça pública. Ele o levou pra casa, alimentou e pintou seu retrato tornando-se amigos, mesmo sem a criança falar uma só palavra.

Até que ao receber a visita de um padre, foi avisado de que a criança era sobrevivente do incêndio que vitimou toda a família, e teria se tornado mudo desde então. Alertou para não receber mais o garoto, pois várias pessoas relataram que suas casas pegaram fogo na sua presença.

Tempos depois, o próprio atelier também foi consumido pelas chamas o que fez Bragolin acreditar na praga e querer distância do guri. Mas enfim, não há registros oficiais de nada disso além do diz que me diz, mas a lenda da maldição é contada em todas as partes do planeta até hoje.

Dá pra contestar de várias formas até que óbvias. Por exemplo, se até o artista foi atingido pela urubaca, como que ele se dedicou a pintar dezenas de outras telas semelhantes?

E a gente vira seus quadros de tudo quanto é jeito e realmente pode ver o que se quiser. Assim como podem ser vistos hipopótamos ou fuscas ao se olhar as nuvens fofas de um céu azul!

Veja também:
Como surgiu a Loira do Banheiro
A verdadeira Monga, A Mulher Gorila


[Ouvindo: Sent for You Yesterday (And Here You Come Today) – Mel Tormé]

33 comentários:

Glauco disse...

Nossa, eu tinha verdadeiro pavor do quadro desse menino, tinha um na casa da minha avó materna, e ela me contava que esse menino tinha sido muito mal criado e foi abandonado por todos da família e que estaria sozinho, chorando e vagando pelo mundo. Um belo dia, minha tia chegou contando essa história de que o autor fez pacto com o Demo e vovó tratou de se livrar do quadro. Como não podia deixar de ser, ela fez uma fogueira dele, pois é a melhor forma de exorcizar as coisas ruins.

Miguel, só mesmo o La Dolce Vita para me proporcionar essas lembranças!!!

Leticia disse...

Não sabia dessa metafísica toda em torno do menino melecado!

Como na década de 80 eu já estava bem grandinha, a única coisa que sabia desse tipo de quadro é que ja era caphona pra cacete!

Igualmente esse tipo de coisa:

http://www.elo7.com.br/cavalos-i/dp/A3FF5

E esse:

http://www.freakingnews.com/Tears-of-a-Clown-Pictures-35472.asp

E o coitadinho do Toulouse-Lautrec, que encheu até as tampas:

http://www.nga.gov/exhibitions/2005/toulouse/056-206.htm

Sem contar o clássico:

http://farpakultural.blogspot.com/2008/11/carlitos.html

Graças a Deus, os anos 80 se foram.

Miguel Andrade disse...

Glaucoe Letícia, eu queria mais informações de um outro quadro, mas não achei nada:

Era uma menina loirinha de laços brancos no cabelo, segurando um buquê de rosas. O fundo era azul.

Também falavam de uma maldição... Pena que não sei o nome disso, mas a imagem é bem forte na minha mente.

Marília disse...

Já chorei muuuito com pena do menininho do quadro. O quadro ficava pendurado na parede do meu quarto, qd eu tinha uns 5 anos. Eu gostava de ficar no escuro, olhando pra ele, só pra ver se alguma coisa estranha acontecia. Pois um dia não foi q aconteceu?! Numa das vezes em que eu estava de olho duro, procurando o sobrenatural, meus olhos, misteriosamente, começaram a ficar muito vermelhos e a lacrimejar. Mamãe disse que foi alergia ao cobertor. Até hj eu acho q foi uma vingança do menininho do quadro. O q foi feito dele, eu não sei.

Miguel Andrade disse...

Marília, e mesmo sabendo da lenda ele ficava no seu quarto?

Sua mãe deu fim nele depois de você ter comentado a visão? Medo!

Mesmo duvidando muito de tudo, eu não teria um quadro desses, embora me encante sua alma kitch.

Marília disse...

Minha mãe não sabia da lenda. E eu não só tinha o menininho na parede do quarto como também a menina, na parede da sala hahaha...

Miguel Andrade disse...

Marília, mas você sabia? ou simplesmente o achava sinistro?

Ed disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ed disse...

Eu não cheguei a pegar a epóca desses quadros. Só o vi, quando crescidinho..pela internet..rs

E tirando alguns, a maioria eu virava de ponta a cabeça, de lado e não via, literalmente, diabo algum.


Agora um quadro que me causava pesadelos, era um que minha mãe tem até hoje: O rosto de Jesus, com uma coroa de espinhos, brotando sangue pela testa, se misturando com suor e lagrimas. Com uma fisionomia de dor e piedade.

Sempre quando havia faxina, eu TORCIA p/ alguem o derrubar da parede e quebrar!

Miguel Andrade disse...

Ed, tipo aquele Jesus da mãe de Carrie? Pavor!

Marília disse...

Não, eu não sabia que o quadro era amaldiçoado, Miguel rsrs...fui saber há poucos anos atrás, sem querer, na net.

Ed, aqui na rodoviária de Brasília eles vendem uns quadros mt sinistros de Jesus: dependendo da posição do observador, Jesus pisca pra vc.

Miguel Andrade disse...

Marília, to amando! Uma especialista em quadros bizarros. E desde pequenininha!

Igres Leandro disse...

Essas histórias são sempre as mais fantasiosas possíveis, mas pelo menos são divertidas.
Eu, quando criança, naturalmente tinha medo de quadros do gênero. Tem um pessoal mais idoso que até hoje mantem essas peças na parede.

Leticia disse...

Marilia, eu me lembrei justamente desse!!!!! Jesus piscando é simplesmente horrível!!!!! (mas eu bem que botava na minha porta pra assustar os rapazes da república aqui ao lado...)

Leticia disse...

Miguel, não faço ideia de que quadro seja esse da menininha. Mas é tipo o quê, coisa 1,99, pintura comum ou de um grande mestre?

Miguel Andrade disse...

Igres, com certeza alguém ainda deve ter. Imagina antes como era bem mais difícil para uma lenda urbana se propagar?

Letícia, era uma réplica como era o desse menininho chorando. Impresso em papel brilhante e colado numa madeira.

Eu teria esse da menininha se achasse um!

Ed disse...

Lembra daquela história do rei que teve uma roupa especial feita, e que só os inteligentes podiam ver?

Se adaptar para esses quadros, eu já assinei meu atestado de burrice: Não consigo ver nada!

E Miguel, sorte que o Jesus aqui de casa fica no quarto da minha mãe. E que fique por lá...rsrs

Miguel Andrade disse...

Ed, acho que nesse aí de cima, virando 90º a cabeça dele estaria na boca de um corvo.... Aham...

Leticia disse...

Tá, Miguel. Vou ficar de olho nas caçambas.

Miguel Andrade disse...

Ltícia, fica esperta! dia menos dia ela aparece! Hehehe

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Surprise Link disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Camila disse...

Eu também lembro do quadro do qual o Miguel falou.. a menina com as flores me da medo até hoje .. minha vó quebrou inteiro depois dos boatos que ele era amaldiçoado. Também tinha o menininho, parecido com este menina. Macabro é que parece que eles olham no fundo dos teu olhos.

Anônimo disse...

olha pra dizer a verdade quem gostaria de ter um quadro desses em que uma criança está chorando?... já é assustador só por esse fato. mas, a historia do bragolin é lenda.

Miguel Andrade disse...

Camila, lembro de ter ouvido sobre esse da menininha na época mesmo. O mais bizarro era o estilo de pintura antiquado. Já dava medo.

Miguel Andrade disse...

Camila, lembro de ter ouvido sobre esse da menininha na época mesmo. O mais bizarro era o estilo de pintura antiquado. Já dava medo.

Anônimo, kitsch pra caramba.

Anônimo disse...

GENTE MINHA MÃE TINHA ESSE MESMO QUADRO NA PAREDE DA SALA,E AS MINHAS TIAS SEMPRE CONTAVAM ESSA HISTÓRIA TBM.MAS TBM TEM UM DE UMA MENINA LOIRINHA COM UMA GATO BRANCO NO COLO ESSE MINHA AVÓ TINHA NUM QUARTO,Q NÓS OS NETOS USAVAM P/ FAZER O CLUBE DO TERROR EU LEMBRO ATE HJ DO MEDO Q TINHAMOS DAQUELE QUADRO ELA E O GATO FICAVAM COM OS OLHOS VERMELHOS NO ESCURO CONTAVAMOS MAS NINGUEM ACREDITAVA EM NÓS!HORRIVEL BO RELEMBRAR ESSES FATOS

Miguel Andrade disse...

Anônimo, Curti a ideia do Clube do Terror!

Até por essas lendas, esses quadros se tornaram bem raros. Nunca mais os vi.

Ju disse...

minha vó tem um menino no quarto de visitas dela, ao lado da cama. toda vez que ia dormir lá eu chorava de medo, a sensação que o quadro dá é horivel! e ele te segue com os olhos, é bizarro

Miguel Andrade disse...

Ju, mas quando você dormia lá já sabia da lenda?

Liza disse...

Seria possivel que alguem possa postar as duas fotos da menininha com o gato e com o buquet de flores. Faz muito tempo q não vejo aquele quadro até hj eu ainda procuro esse par comprar conheco uma cidade q possivelmente ainda o venda. Aquele quadro me fascinava e sempre me chamou atenção.

Miguel Andrade disse...

Liza, seu do que se trata. Quando eu encontrar voltaremos ao tema. rs

Related Posts with Thumbnails