terça-feira, 31 de agosto de 2010

Periguete from Mars

O melhor nem é que o sujeito se desintegra, menos o óculos, provando que nós terráqueos temos sim metais mais avançados que os marcianos. Mas a cara de “Humpf!” que a Devil Girl From Mars (1954) faz ao final.

Ta pensando que marciana é bagunça? Viaja anos luz pra vir botar pressão e... Catar fortes mancebos para seu planeta!

E suas armas não são apenas revolver desintegrador. Hipnotiza, fica embaçada (!!!) e usa uma bela mini-sais de vinil, o que lhe permite exibir as pernocas, universalmente elogiadas.

Como não é de bom tom moças fazerem viagens interplanetárias sozinhas por aí, anda acompanhada e um robô humanoide. Pausa aí: O designe do robô é bem legal, com membros lembrando patas de inseto, já que um dos avanços tecnológicos deles é transformar o metal em orgânica.

Fora tudo isso, temos a nave da fofa! Mega, hiper, ultra “Amiguinha Xuxa é hora de brincar, estamos esperando só você chegar...”.

Povo da Inglaterra e redondezas: Fujam!

Veja também:
Poster de Devil Girl From Mars


[Ouvindo: Awake Since '78 (MSTRKRFT Remix) – Acid Jacks]

5 comentários:

Refer disse...

Adorei essa marciana que é uma mistura de Marlene (é a Maior! é a Maior!) com Renata Fronzi!! :D :D

Leo disse...

Com as pernocas à mostra e essa cara permamente de "eu te desprezo" é a própria diva marciana.

Miguel Andrade disse...

Refer, verdade! E umas pitadas de Zizi.

Leo, não é a toa que foi escolhida para aniquilar os terráqueos.

Marília disse...

Ela é a cara da Morena Baccarin!

Miguel Andrade disse...

Marília, mais ou menos. Bem mais clara.

Related Posts with Thumbnails