terça-feira, 15 de junho de 2010

O faroleiro de Acapulco

Outro caso daqueles em que no DVD verdades são reveladas. Em O Seresteiro de Acapulco (Fun in Acapulco, 1963), Elvis Presley esteve tanto no México quanto eu!

Só na retroprojeção em absolutamente TODAS as sequencias! Em planos abertos, o dublê de corpo (que tem um andar bem menos empinado) aparece de costas, ou virando o rosto pro lado.

Não que naquela época em que os filmes do Elvis passavam na Sessão da Tarde (e davam aquele soninho esperto) eu já não tinha reparado. É que agora ficou muito mais gritante a artificialidade.

Hitchcock era adepto do recurso, mas numa externa ou outra, para ele ter controle inclusive sobre o clima. No caso do Rei, são em todas as cenas mesmo!

Desse jeito poderia estrelar um filme passado até na Cochinchina se quisesse. E nem desmancharia o topete na exaustiva viagem às locações.

Coisa que deveria ser inviável até pela sua agenda de shows. Mas não deixa de ser um charme trash a mais ele parecendo um daqueles decalques que se grudava com água.

O hotel que aparece em O Seresteiro de Acapulco (onde boa parte da trama se desenrola) é o lendário Continental, hoje Emporio. Parte da piscina e seu interior foram recriados nos estúdios da Paramount na Califórnia.

Seria aquele mesmo hotel em que a turma do Chaves passa férias. Os únicos episódios em que vimos os personagens em externas.

Veja também:
Destroçando ilusões


13 comentários:

Rao! disse...

Eu quero comprar o filme em que a Angela Lansbury faz a mãe dele, você já viu esse?

Miguel Andrade disse...

Rao!, não vi nada dele depois que cresci... Além deste aí do post.

Refer disse...

... é o Blue Hawaii, de 1961. Se o Bartosinho cheirar vai querer jogar terra em cima.

Miguel Andrade disse...

Refer, Que Bartosinho? Não entendi.

Refer disse...

Bartosinho, o meu gato.

:D :D

Miguel Andrade disse...

Refer, hahahaha

Aqui também! E eles as vezes cobrem com o jornal do Boris.

Leo disse...

Acho o Elvis tão canastrão que morro de vergonha alheia de ver os filmes dele. O único que tolero é Viva Las Vegas, pq acho a Ann-Margret fantástica ali.

Miguel Andrade disse...

Leo, mas ele foi melhorando pelo que vi no trailer do primeiro. UX!!!

qualquergordotemblog disse...

O pior é que eu ia perguntar justamente do Chaves. Obrigado pela informação.

Leticia disse...

Quer dizer que aquela plantação de abacaxis (não sei se no mesmo filme ou em outro) era tudo cromakey? Oh, decepção!

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, e é identificável a piscina entre plantas.

Letícia, toda a filmografia do Elvis é uma plantação de abacaxis! hehe

qualquergordotemblog disse...

Desculpe mudar de assunto, mas vc já viu um filme do Mel Brooks que passou na Band domingo: Alta Ansiedade (High Anxiety)? É o Mel satirizando os filmes do Hitchcock (várias referências, inclusive uma,muito nojenta, a "Os Pássaros")

Miguel Andrade disse...

Qualquergordo, sim! Sim! Preciso rever. Mas é bem legal!

Related Posts with Thumbnails