quarta-feira, 31 de março de 2010

Ben-Hur: Será que ele é?

Entre as lendas envolvendo Ben-Hur (1959) está o caso de amor entre o protagonista e o vilão Messala. Amantes no passado, a rejeição do judeu seria o estopim para toda vingança!

Tudo não passaria de uma baita dor de cotovelo... E seria resolvidinho ali, numa fatal corrida de bigas!

Grande ganhador de 11 Oscars, o filme foi baseado no romance de Lew Wallace, e teve entre seus roteiristas o autor Gore Vidal. E foi ele quem esclareceu o diz-que-me-diz no documentário The Celluloid Closet de 1995.


SIM! Realmente os dois namoraram no passado e a ideia teria partido do diretor William Wyler.

Wyler era tão entusiasta com o tema gay que seu próximo filme seria Infâmia (The Children's Hour, 1961), refilmagem de seu próprio trabalho These Three de 1936. Agora com a liberalidade 60’s, falaria abertamente sobre as professorinhas acusadas de serem namoradas, embora uma realmente fosse lésbica.

Voltando a Ben-Hur, todos os envolvidos teriam adorado a ideia, que daria ar contemporâneo à história. Mas se depararam com um empecilho: Charlton Heston!

O astro era conhecido como um dos mais conservadores de Hollywood. Tanto que este era um dos motivos para ser escalado a participar de filmes bíblicos.

A solução encontrada foi não contar pra ele! Apenas Stephen Boyd, Oscarizado como ator coadjuvante pelo seu Messala, sabia do babado literal.

Reveja a sequência do reencontro dos dois velhos amigos sobre esta ótica, e veja como faz sentido!

As interpretações são bem distintas. Boyd chega a fazer aquela técnica clássica dos romances, que consiste em ficar com a boca entreaberta com os olhar direcionado à boca da outra pessoa.

Aos 2:35 do vídeo, repare também como Messala chega a acariciar o antebraço de Ben-Hur! "Down eros up mars!"

Veja também:
Então rosebud era o trenó?
Tudo sobre Eve



8 comentários:

Leo disse...

Acho que o casal tem uma baita química. Mesmo que inconscientemente do lado do senhor Charlton Heston.

Miguel Andrade disse...

Leo, hhahahah, tem mesmo.

Fabulastic disse...

Já tinha lido sobre isto. O Heston tem todo o ar do rapaz que a seguir ao acto diz que não sabe bem o que aconteceu....

Miguel Andrade disse...

Fabulastic, e com a idade foi piorando a caretice!

Charles Bonares disse...

Mas quando eles receberam o roteiro não sabiam que iam contracenar? Desculpe, eu não entendi.

Miguel Andrade disse...

Charles, sabiam, mas não estava especificado o tipo de relação que haveria entre os personagens no passado, além do obvio romanos/judeus.

Charles Bonares disse...

Ah, entendi...! Valeu.

Miguel Andrade disse...

Charles, ;)

Related Posts with Thumbnails