sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Qual edição em DVD comprar?

Tem filmes tão óbvios (mas queridos) que não tenho em DVD exatamente porque as distribuidoras ficam relançando nas mais variadas edições. Tem que ser ninja pra descobrir qual a que mais vale a pena.

Enquanto que incontáveis pérolas continuam inéditas, nos obrigando a ir caçá-las no underground da internet. Se é que você me entende...

Tristeza que a fase mais popular de Hitchcock tenha acontecido sobe contrato com a Universal Studios. Enquanto os poucos que saem pela Warner ganham DVDs realmente duplos e caprichados a começar pelas capas, a Universal vai dando um jeitinho.

Um Corpo Que Cai (Vertigo) por exemplo. Comercializaram pela primeira vez digitalmente em 2000, nos primórdios do formato DVD.

Justo aquela versão restaurada de forma polêmica nos anos 90, que na cara dura não só converteram o áudio pra 5.0 (!!!) como recolocaram muitos efeitos sonoros. Clássico como a palavra já diz, continua tinindo de novo décadas depois, mexer pra quê?

Enfim, eu tinha tido conhecimento dessa versão chamada pela distribuidora eufemisticamente de “Edição de Colecionador” e sempre a recusei. Embora a capa me encante, o recusava aguardando uma com aquele áudio mono que aprendi a amar, e claro, com os extras devidamente legendados em português e sem aqueles botões padronizados horrorosos dos DVDs antigos.

Em 2007 a Universal largou mão de reproduzir os pôsteres originais na embalagem (Como a Warner faz lindamente!) e relançou todos os Hitchcocks com capas padronizadas. Cinzas e feias, menus também padronizados, mas extras bacaninhas.

Trouxe esta semana (finalmente!) meu Vertigo pra casa e... SURPRESA!

Pelas informações da contracapa, estava ciente de que era a fatídica versão restaurada (fazer o quê?), mas não suspeitava de que se trata DO MESMO PRODUTO de 2000, apenas em nova embalagem. Não há uma só linha alertando o consumidor!

Olha o menu padrão dos velhos tempos, inclusive com “Collector’s Edition” estampado no topo:

Fizeram o mesmo com Psicose (Psycho, 1960), mas pelo menos incluíram um disco bônus. Aqui nem isso, alem de ter sumido o livreto que vinha na “Edição de Colecionador” de 2000.

É bonito isso? Mas não para por aí!

Estão RE-LAN-ÇAN-DO todos os títulos de NOVO numa caixa chamada The Ultimate Collection!!! Ultimate? Estes DVDs mixurucas podem ser chamados de ultimate?

Aham... Sem falar que a carreira de Hitchcock vai muito além do que ele produziu na Universal. Graças a Deus!

Veja também:
O Clube da Luta - “Definitive Edition”?
Planeta dos Macacos com preços trocados


[Ouvindo: Cat People [putting Out the Fire – David Bowie]

19 comentários:

Moses Aron disse...

É F... tentar ser colecionador de filmes nesse país! E essa mania de melhorar o que já perfeito, é irritante.

Mas devo admitir que (sei que é polemico) gosto de alguns desses 'retoques'. Acho que a nossa geração está vendo esses clássicos com muito mais qualidade do que as pessoas que viram na época em que foram lançados. Mas sempre acho que colocar as duas versões é o mais adquado.

Miguel Andrade disse...

Moses, na imagem sim, mas mudar elementos, trocar é de um descaramento absurdo!

Como se a molecada que vai ver e achar DA HORA um Homem de Ferro da vida possa se interessar por um clássico porque está restaurado, colorizado ou com a capinha modernizada. O buraco é muito mais embaixo.

Pri[s] disse...

Eu como pobre - em todos os sentidos - universitária faço a festa nos DVDs de 12,99 da CASA&VIDEO/Lojas Americanas. Tento garimpar alguns achados e as vezes sou feliz.

Mas me perco mesmo é na livraria/loja do CCBB aqui do Rio. Os DVDs que encontro lá são sempre tão desejáveis... Mas me revolto pq 90% deles são edições feita a toque de caixa mesmo!

O exemplar de "Um Bonde Chamado Desejo" é revoltante: pegaram uma foto do Marlon e colocaram o título por cima na fonte ARIAL. Na contra-capa a mesma foto (!) e descobre-se que não tem extra nenhuma, nadinha de nada e legenda só inglês e português. Tudo isso por exorbitantes R$54,90.

Ç_Ç

Miguel Andrade disse...

Pri[s], como eu! Mas que lugar é esse CASA&VIDEO?

Tipo a FNAC... Exemplo, a edição de luxo sei lá do quê nas Americanas custa 12,90, a edição pobre na FNAC sai por 44,99...

Chega a dar nojo do abuso!

EMendes disse...

Adquiri o dvd da EMI, de um show da Marlene Dietrich realizado em 1972 em Londres, quando ela já tinha 71 anos, mas muito bonita e aparentando no mínimo 20 anos a menos.
Na capa ela aparece numa foto em preto e branco de algum dos filmes que ela fez nos anos 30! Nada a ver.
E não só não tem seleção de legendas, como nas poucas existentes, são exibidas em japonês (acho). Não tiveram nem o trabalho de editoração!

Miguel Andrade disse...

EMendes, show normalmente eles tratam assim. É o default deles.

Reclamam da pirataria (com razão) mas não têm o mínimo cuidado com quem compra.

Ah, e eu queria esse DVD da Dietrich! :D

Cris Mitsue disse...

Olha, mas que coincidência! Esses dias comprei nas Americanas o DVD do Psicose, com a capa cinza, que nem a segunda foto do post. Ainda não tive a oportunidade de conferir (que saco, culpe o tempo). Bem, também gosto desses retoques, tomara que a qualidade do som e imagem, principalmente, sejam bons... Tem alguns bônus, segundo a contracapa, que parece ser interessante hmmm. Mas ainda sou da idéia que deveria ter o ORIGINAL, realmente, o original incluído, sem retoques nem nada, só pra conferir.

Miguel Andrade disse...

Cris, não me importo nada nada. Inclusive acho que alguns riscos de película na imagem até dão um charme.

E realmente Psicose será como este Um Corpo que Cai. DVD antigo com nova capa.:(

Leticia disse...

Como não sou especialista como você, Miguel, e ainda por cima sou um poço de distração, acabo caindo numas mezzo-roubadas assim, à toa.

Por exemplo, comprei uns clássicos pros meus dois velhinhos. Filmes que já passaram e repassaram milhões de vezes na TV. E no DVD eles vêm sem dublagem, o que é "O" inferno para o povaréu da terceira idade.

Por que não colocam a porra da dublagem de sempre para o mercado nacional, pô!?

Miguel Andrade disse...

Letícia, sou PHD em cair em roubadas. Tipo filme que só tem versão dublada e a imagem tem qualidade de VHS. Não é difícil cair em roubadas nesta área... :-/

O certo é que se nós colecionadores estamos sendo a salvação destas distribuidoras, tá na hora de sermos levados a sério!

E é a pura verdade! A versão dublada tinha que ser obrigação de um produto vendido aqui.

Alan Oliveira disse...

Fala Miguel,
Então, eu ganhei essa caixa da universal. Eles são basicos - eu reparei esse lance do menu ser o antigo e n ter mudado nada - uma pena! Eu não se se você viu mas, além da caixa com os 14 DVD's do gorducho, a Universal também está lançando alguns dos primeiros filmes dele em dvd's combo - dois ou três filmes por dvd - ó:

http://www.2001video.com.br/detalhes_produto_extra_dvd.asp?produto=19994

Eu confesso que vivo perdido tentando fechar minha coleção hitchcockeana. São tantas versões em dvd, com e sem extras, capas podres x capas boas x versões originais x remasterizadas. Eu nem ligo pro remasterizado...basta ter extras bons n ser um lançamento porco que eu compro. Adorei ganhar a caixa (que é exclusividade da FNAC, vai entender), mas o mais engraçado foi saber que, ao pedir a prenda online, eles não disponibilizam outros tamanhos que LARGE para a camiseta que vem no kit. Se pelo menos eu tivesse o barrigão dele, né? UÓ!

Miguel Andrade disse...

Alan, foi lá que eu vi a caixa. Aquele monte de DVD velho com uma camiseta dentro de uma vitrine. Fiz um sonoro "PFFFFF!!!"...

Parece que na lata do He-man as camisetas eram só P!!! Hahahah

Dei sorte na lata do Akira. É M, ou pelo menos, quando encostei no corpo parecia que me servia.

Refer disse...

Mudando de pato para ganso, soube outro dia que Farley Granger está vivo — além dele e de Kim Novak, quais atores famosos de Hitchcock ainda vivem?

Mera (móbida) curiosidade.

Refer disse...

(MÓRBIDA)

Miguel Andrade disse...

Refer, de cabeça, Tippi Hedren, Joan Fontaine também estão...

EMendes disse...

A Shirley MacLaine (The trouble with Harry) também está aí, firme e forte.

Miguel Andrade disse...

EMendes, verdade! Mas nunca lembro dela como Hitchcockiana... Só fez aquele.

Rod disse...

Além disso, esses DVDs velhos de Um Corpo que Cai e Psicose são letterbox, não-anamórfico. Ou seja, uma porcaria pra quem tem TV Wide.

Miguel Andrade disse...

Rod, "além disso" muito bem lembrado! Mais um ponto negativo!!!

Related Posts with Thumbnails