sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Faça uma boa festa

Olha aí, “desenhadinho” o que é uma festa sensacional para a Garota do lado: “Champanhe, batata frita, ar condicionado e homem casado!”.

“Homens casados”, segundo a personagem da Marilyn Monroe explica em O Pecado Mora Ao Lado (1955 de Billy Wilder), é porque ela não corre o risco de ser pedida em casamento, já que isso eles são. E um casório só atrapalharia o andar de sua carreira de modelo.

E The Seven Year Itch (A coceira dos sete anos), título original, me parece bem mais bacana. Embora me acostumei com O Pecado Mora Ao Lado, mesmo sabendo que na verdade mora em cima...

Veja também:
Rachmaninoff's à meia luz


[Ouvindo: Leaving – Keyth Lawrence and the Purple Circle]

13 comentários:

Glauco disse...

Filme 5 estrelas, mas ainda sim prefiro outros Wilder.

Miguel Andrade disse...

Glauco, eu também... E uma pena a censura ter pegado tanto no pé.

Glauco disse...

Não sabia desse problema com censura, mas se bem que o Código Hays está em pleno vigor e o filme é praticamente um tratado de como um pai de família deve (ou tenta) se divertir sozinho enquanto a família viaja de férias.

Glauco disse...

*estava

Miguel Andrade disse...

Glauco, pois é, eles nem (aparentemente) transam.

Glauco disse...

Ah sim, o filme é beeeeeem pudico, tudo muito discreto, explicitar uma possível transa entre os personagens seria demais para o público norte-americano dos 50 e também fazia parte do charme discreto de Wilder.

Comparando com E Deus criou a mulher, que Brigitte Bardot estrelou no ano seguinte, o Pecado... é um filme para noviças, rsrs.

Se não me engano, Wilder foi um dos artistas mais perseguidos na "caça às bruxas comunistas", talvez aí um dos maiores problemas com a censura.

Miguel Andrade disse...

Glauco, mas acho q este era o charme de Wilder, a leveza em tocar em assuntos tabus.

Nossa, vou colocar "E Deus Criou A Mulher" na frente na lista dos filmes que vou assistir.

Glauco disse...

E Deus... é bem ousado Miguel, não só pelas cenas de nudez de BB, mas a temática em si. Antecipou totalmente a revolução sexual e emancipação feminina da década seguinte. Tudo isso em Eastmancolor, rsrs.

Miguel Andrade disse...

Glauco, e tudo isso juntando pó na minha estante! Rs...

Eu vi a abertura e já achei bem doido o lance do lençol.

Glauco disse...

Ai, ai, já te disse sobre minha curiosidade de como você guarda tanta coisa, imagino o tamamnho dessa estante...

Miguel Andrade disse...

Glauco, de DVD? Nada, são duas estantes de ferro, daquelas de escritório, cheias. As cópias guardo em 8 cases.

Glauco disse...

Cópia de segurança dos DVDs?

Miguel Andrade disse...

Glauco, não, de filmes que eu não achei disponíveis.

Related Posts with Thumbnails