quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Hábito cavernoso

À primeira vista estes anúncios do cigarrinho Winston com os Flintstones até chocam. Mas nem tanto se levarmos em conta de que originalmente era desenho adulto, exibido em horário nobre.

Me parece uma coisa bem estúpida julgar o costume de uma época sob a ótica atual. Assista aos comerciais no You Tube.

Veja também:
O que não dizem sobre o cowboy Marlboro


6 comentários:

Leticia disse...

Tem uma foto aqui em casa: eu no colo do meu pai, e ele fumando na minha cara.

Não, ele não é traficante nem marginal. Só fumava inocentemente. E largou pra dar exemplo aos filhos, tadinho...

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas em filme eu estranho eles fumando em ambientes fechados. E nem perguntam se pode.

Chegam na casa das pessoas, de visita, e ascendem cigarro! Haha

Leticia disse...

É que a gente vai ficando no cabresto dos tempos. Quando eu comecei a fumar, nem me incomodava de acender cigaro onde quer que fosse...

Hoje até penso se acendo no meio da rua.

Miguel Andrade disse...

Letícia, humpf! Na rua acendo e tô nem aí!Ah tantas coisas com tão menos civilidade pela rua.

Leticia disse...

Pois é. Mas não estão na lei.

E ficaria muito chateada se um guardinha (com salário ou não) viesse me passar lição de moral por causa de cigarro.

Já pensou? Uma Merdilaine afogada em óleo de amêndoas paixão tossindo censurosamente pro meu cigarrinho?

Miguel Andrade disse...

Letícia, ai que nervo só de pensar!

Related Posts with Thumbnails