quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Quando o macaco ta certo

Quando estou a ponto de perder as esperanças nos blockbusters hollywoodianos lembro que nem tudo foi tão ofensivo à minha inteligência. Veja o caso de O Planeta dos Macacos de 1968!

A 20th Century Fox estava matando cachorro a beliscão pós o mega fracasso de Cleópatra, totalmente perdida com a nova ordem mundial e o fim do star system que a ajudou a lucrar os tufos no passado. Ousou em investir todas as fichas (literalmente) na adaptação de um livro onde os atores estariam vestidos de macaco.

O resultado foi um raro caso cinematográfico onde o fruto das mentes dos engravatados dos estúdios agradou a público e crítica. Tão incomum que o remake de 2001 não passou de uma nódoa na filmografia de Tim Burton.

Como todo arrasa quarteirão que se preze, vendeu canequinha, camiseta, disco, poster e ainda gerou quatro continuações, uma série de TV e outra em animação. E mesmo assim é uma MARAVILHA!

Conforme as sequências foram sendo feitas é visível que os investimentos escassearam, mas as 5 películas contam uma saga de forma hermética. Todos eles caminhem para que ao final do quinto A Batalha do Planeta dos Macacos (Battle For The Planet of The Apes,1973) haja uma ponte para o primeiro Planet of the Apes.

Espetáculo absurdamente vitorioso!

As ótimas imagens ilustrando este post são um oferecimento de Fantastic Flashbacks

Veja também:
O planeta das beldades
Macacos brasileiros
Macacos japoneses
Go Ape!


[Ouvindo: Jennifer – Goblin]

2 comentários:

Refer disse...

Alguém sabe de um filme s/f tcheco p/b do final dos anos 40 que tem o mesmo final de O Planeta dos Macacos? Alvaro de Moya exibiu esse filme numa das lendárias 'Sessão Maldita' do Marachá, no começo dos 70.

Miguel Andrade disse...

Refer, eu não conheço.

Related Posts with Thumbnails