sábado, 1 de agosto de 2009

O mico do Tarzan

E não me pergunte em que circunstâncias esta foto foi tirada. Não faço idéia de nada, além de que o brutamonte é o ator Mike Henry, conhecido como o único Tarzan de peito cabeludo.

Esteve no Brasil em 66 para filmar Tarzan and the Great River, um dos três filmes do Homem Macaco que protagonizou. Na aventura o personagem tomava ares de James Bond, vindo pra cá a pedido do seu amigo Professor, interpretado por Paulo Gracindo.

Sua missão é desbaratar o Culto do Jaguar, seita nativa que hostiliza o homem branco impedindo de trabalhar livremente na floresta Amazônica. No meio de tantas incorreções, muda alguma coisa dizer que as cenas foram rodadas no Rio de Janeiro?

No verbete de Mike Henry na Wikipédia há uma passagem, sem referência, sobre a estadia dele em terras cariocas. Estava ele dando autógrafos para um grupo de fãs na Quinta da Boa Vista quando uma vaca foi em sua direção.

O desapontamento dos presentes não poderia ser maior. Ao contrário do herói que estavam acostumados a ver nas telas, enfrentando leões, tigres e javalis, o ator correu.

[Ouvindo: Street Corner Symphony – The Belmonts]

4 comentários:

Leticia disse...

"No meio de tantas incorreções, muda alguma coisa dizer que as cenas foram rodadas no Rio de Janeiro?"

Miguel, eu admiro pessoas capazes de construir redações assim!

Quanto a filmagens pseudoamazônicas na no Rio...

Miguel Andrade disse...

Letícia, eu levava a revisora do jornal à loucura!

Leticia disse...

Fosse comigo, diria: "e ainda sou paga pra fazer isso!"

Adoro seus textos, suas construções!

Miguel Andrade disse...

Letícia, obrigado, shoshooo!

Related Posts with Thumbnails