terça-feira, 5 de setembro de 2017

Elenco de O Último Americano Virgem tanto tempo depois

 
No começo da década de 80 o sexplotation (as pornochanchadas gringas) descobriu a juventude. Comédias bobas com leve apelo sexual tomaram em assalto os cinemas e locadoras e posteriormente as TVs.

O mais famoso desses filmes talvez seja Porky's - A Casa do Amor  (1981 de Bob Clark), exibido pela TV Globo algumas vezes. Assim como os similares,  trama bobinha que valia a pena esperar pra ver um par de peitinhos ali, uma piroca de relance acolá.
TVS/SBT contra-atacou com muitos outros títulos, sendo os mais emblemáticos Férias do Barulho (Private Resort, 1986 de George Bowers), que contava com um certo Johnny Depp a um passo de se tornar famoso com a série Anjos da Lei, e O Último Americano Virgem (The Last American Virgin, 1982 de Boaz Davidson). "O Último Americano..." é um dos melhores pelo argumento dramático e algumas sequencias verdadeiramente engraçadas.
Ninguém do elenco jovem alcançou status de astro nem nada. Com o passar dos anos conquistaram muitos fãs, aqueles que foram moleques e que assistiram e tiveram que esperar pra ver um par de peitinhos ali, uma piroca de relance acolá.

Após tanto tempo (36 anos!), os quatro atores principais ainda são amigos de Facebook (todas estas imagens pessoais abaixo são de lá!). Vivem se marcando, ou sendo marcados em fotos antigas. 

A mocinha Diane Franklin, com uma beleza similar à da Jennifer Connelly, estrelaria Terror em Amityville (Amityville II: The Possession, de Damiano Damiani) no mesmo ano e seguiu carreira exceto por uma pausa na década de 90. É a mais dedicada a dar atenção aos admiradores.
Steve Antin, que interpretou o amigo bonitão e mau caráter Rick, depois participaria dos sucessos Os Goonies (1985 de Richard Donner) e o oscarizado Acusados (The Accused, 1988 de Jonathan Kaplan), estreando na direção de cinema em 2010 com Burlesque, aquele musical que juntou Cher e Christina Aguilera. Abertamente gay, foi namorado do magnata de entretenimento David Geffen.
Joe Rubbo participaria de outro filme picante Férias Ardentes (Hot Chilli, 1985 de William Sachs). Ultimamente ele é produtor de um canal de TV local do sul da Califórnia.
O pobre rapaz virgem Gary foi interpretado por Lawrence Monoson. O ator tem uma extensa carreira em séries de TV, inclusive em programas bem sucedidos como Barrados no Baile, CSI NY, Plantão Médico (ER) e 24 Horas e no cinema sua aparição mais memorável foi em Sexta-Feira 13 Parte IV - Capítulo Final (Friday the 13th: The Final Chapter, 1984 de Joseph Zito).
Entre todos os colegas dá pra dizer que foi o que mais mudou fisicamente.
EITA! Mudou bastante, aliás... 

Monoson e Franklin se reencontraram algumas vezes nos últimos anos em eventos. Essa foto é de 2010, mas existem muitas outras.
Os fãs, claro, suspiram pelo tão sonhado final feliz que nunca aconteceu.... 

O Último Americano Virgem é o Casablanca dos sexplotations juvenis.

4 comentários:

Luís disse...

Legal o artigo, mas não devia ter dado o spoiler do final né rs

Miguel Andrade disse...

Luís, quem leu um post como este até o final é pq já viu o filme.

Jack disse...

Que filme bom, bah melhor filme da época.

Trilha sonora do casal de Lionel Ritchie ou The Commodores que infelizmente ficam "juntos" por ele ser apaixonado por ela.

Vejo e revejo e não enjoo.

Vale a pena assistir que ainda não viu com ou sem spoilers.

Parabéns pelo post.

Jack disse...

Atenção, não contei o final, vejam para descobrir.

Related Posts with Thumbnails