sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Avesso da cena: Ash contra um possuído

 Diretamente do fabuloso mundo pré CG: Uma Noite Alucinante 2 (Evil Dead II, 1987 de Sam Raimi). Own! Era só um fantoche encarando Bruce Campbell!
A sequencia toda ainda contou com tomadas em stop motion (plano geral do monstro)...
...e um outro boneco manipulado por cabos como se fosse marionete.
O filme contou com o trabalho do técnico Gregory Nicotero (menos o stop motion), que aparece na segunda foto manipulando o fantoche junto a uma equipe. Na época ele tinha no currículo pouca coisa, mas já tinha sido assistente de Tom Savini em Dia dos Mortos (Day of the Dead, 1985 de George Romero).

Hoje, mesmo em plena era dos efeitos digitais, o rapaz tem uma lista quilométrica de trabalhos. Todos já assistimos muita coisa feita por Nicotero no cinema e na TV entre efeitos especiais e maquiagem.

Gregory Nicotero
Pânico (Scream, 1996 de Wes Craven), Hulk (2003 de Ang Lee), Kill Bill (2004 de Quentin Tarantino), Sin City – A Cidade do Pecado (Sin City, 2005 de Robert Rodriguez e Frank Miller), O Nevoeiro (The Mist, 2007 de Frank Darabont), Annabelle (2014 de John R. Leonetti), etc! São 165 registros como maquiador, 72 como efeitos especiais entre outros créditos.

Claro que será lembrado para sempre como o criador dos perfeitamente pútridos Walkers na série The Walking Dead (2010-?) da Fox. Nove vezes indicado ao Emmy, ganhou quatro vezes, sendo duas pela série de zumbis, em 2011 e 2012.

Nada mal pra quem assistia Tubarão (Jaws, 1975 de Steven Spielberg) e O Exorcista (The Exorcist, 1973 de William Friedkin) quando era criança e queria entender como “aquilo tudo era feito”. Acho que já aprendeu.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails