terça-feira, 24 de novembro de 2015

Divine quase participou de Um Amor de Família


Divine, já consagrada no meio underground, se preparava para uma nova fase artística quando faleceu em março de 1988. Iria gravar um episódio de Um Amor de Família (Married with Children), participação com possibilidades de se tornar fixa.

Conseguir um contrato com a Fox para uma série de TV a levaria para um público muito mais amplo, além da estabilidade. No cinema sua carreira também caminhava pra isso com o sucesso de Hairspray - E Éramos Todos Jovens (Hairspray, 1988 de John Waters), onde recebeu críticas bem positivas por sua Edna Turnblad.

Em Um Amor de Família seu personagem seria masculino, o efeminado Tio Otto, pertencente à família da Peggy que finalmente apareceria no final da segunda temporada. As gravações estavam marcadas para a manhã de sete de março de 1988, mas Divine não apareceu no set.

Indagado pelos produtores, seu assessor Bernard Jay o encontrou morto no hotel. Ela, aos 42 anos de idade, teve insuficiência respiratória causada por apneia do sono, uma desordem agravada pelo peso excessivo.

Como o show não pode parar, o episódio foi feito substituindo Divine pela drag queen  James 'Gypsy' Haake. Tudo em Família (All in Family S02E22) ainda conta com a participação do ex lutador King Kong Bundy, cujo sobrenome teria inspirado o da família disfuncional do programa.


Não rende como se esperava e o Tio Otto não se tornou um personagem fixo, ou fez qualquer outro retorno ao programa. Ele se encerra com um aviso silencioso de que foi dedicado à memória de Divine.

Um Amor de Família se tornaria um fenômeno de audiência ficando mais oito anos no ar. Divine, segundo seu assessor, morreu feliz, estava sendo reconhecido como ator.

Veja também:
Divine em um poster raro

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails