terça-feira, 10 de abril de 2012

Aperitivo ao mundo da Hammer

Puro saudosismo a abertura da série The World of Hammer que você assiste no player acima ou clicando aqui. Um emocionante apanhadão de tudo o que o estúdio fez, sem esquecer estrelas como Christopher Lee, Peter Cushing e Bette Davis.

Produzida pela TV britânica em 1994, o programa teve cabalísticos 13 episódios separados por temas. Infelizmente no Brasil apenas o segundo (Dracula and the Undead) foi distribuído em DVD.

Mais um motivo pra gente chorar sangue com a derrocada do Megauploud. Junto à pirataria, perdemos milhares de coisas interessantes que não despertam interesse comercial nas distribuidoras.

Com narração de Oliver Reed, um dos astros da casa, é possível assistir ao oitavo episódio (Mummies, Werewolves & The Living Dead) na íntegra online. Sem legendas, mas já dá um gostinho.

Os trechos que ilustram são bons para quem quer conhecer as produções Hammer, refrescar a memória ou para checar o que ainda falta assistir. Sempre falta alguma coisinha...

18 comentários:

Alexandre disse...

Meu interesse pelos filmes de horror é zero, a Hammer seria uma porta de entrada segura?

Miguel Andrade disse...

Alexandro, com certeza. Uma porta de entrada com classe, no mínimo.

Alexandre disse...

Miguel, é interessante que o Nosferatu (1922) é adaptação não-autorizada do romance do Bram Stoker...e ainda tem gente choramingando por direitos autorais. rs

ps: Mas horror na pintura eu entendo,
pesquize as obras do pintor fernand khnopff.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, mas acredito que a industria precise funcionar. Há muito vagabundo bancando o espertinho nessa.

Problema é não separarem o joio do trigo. Junto foi-se embora coisas que nós jamais teríamos contato, ainda mais morando nesse país carnavalesco.

Muito bacana esse Fernand Khnopff.

Alexandre disse...

Miguel, e eu que moro em cidade pequena? minha familia nem sonha que gosto dessas coisas hahaha

Miguel Andrade disse...

Alexandre, acham que você só gosta de Mazzaropi? rs

Alexandre disse...

Miguel, não hahaha eu moro no ceará, aqui basta ser cabra-macho que eles sossegam hahaha

Miguel Andrade disse...

Alexandre, entendi, entendi...

Alexandre disse...

Miguel, e pode apostar que eu sou! hahahaha mas voltando ao horror...deviam fazer mais filmes focando na metafísica, no conceito do "além" e seus habitantes entende?

Miguel Andrade disse...

Alexandre, entendo. Sem precisar ser tão explícitos ou nojentos.

Mas aí é pedir muito...

Alexandre disse...

Miguel, O Grito é interessante, explora esse lado metafísico do terror, deixando o sangue e a morte de lado.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, o japonês (Juon) acho um dos melhores já feitos. O remake americano achei fraco.

Alexandre disse...

Miguel, falo exatamente do japônes, o remake nunca vi. rs

Miguel Andrade disse...

Alexandre, não perdeu nada. Broxante, linear... Um saco!

Alexandre disse...

Miguel, olha o trailer desse Gothic do Ken Russel, será que é bom? http://www.youtube.com/watch?v=jRONk6_Ijlg

Miguel Andrade disse...

Alex, ganhei ele na semana passada. Ainda não vi.

Rubens Rodrigues disse...

Poxa, muito bom saber que tem outra série da Hammer pra caçar depois que eu assistir Hammer House of Horror completa. :P

Miguel Andrade disse...

Rubens, ainda caço essa por ai.

Related Posts with Thumbnails