sexta-feira, 30 de março de 2012

As Certinhas do La Dolce

Imogen Hassall
Ancestral

As imagens são um oferecimento Eye of Agamotto

[Ouvindo: I'm Troubled – The Golden Gate Quartet]

10 comentários:

Refer disse...

...do filme 'Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra'. Trash total, mas fui ver porque aparecia uma garota da PlayBoy que estava bombando, uma que mudou o nome. O lado voyeurista quase sempre ganha. E a gente ficava jogado numa poltrona do cine Marabá, incomodado por causa da marca de vacina que aparecia nos braços de uma e outra daquelas beldades da Idade da Pedra, inclusive nessa Certinha, que tem um quê da Maysa e nome impronunciável.

Lembrei. A PlayBoy Girl chamava-se Victoria Vietri.

Miguel Andrade disse...

Refer, deu uma de Letícia, de reparar num detalhe que eu jamais notaria! Hahaha!

Devo ser da última geração a ter esta marca no braço. E a minha foi coberta com tatuagem. :))

Realmente tem algo de Maysa. E essas mocinhas da Hammer perigavam ser playmates mesmo.

Imogen teve até que uma boa carreira no cinema, mas morreu moça, de overdose.

A Vietri já foi Certinha aqui, estava loira. Diferente de como está em O Bebê de Rosemary.

Leticia disse...

Morria sem saber que marcas de vacina incomodavam. MORRIA!

Refer disse...

Leticia, claro que cicatriz de vacina não incomoda — a não ser que seja num ator/atriz fazendo o papel de um personagem que vive em época em que não havia vacinas. Vide Rossana Podestá em 'Helena de Tróia'.

Refer disse...

Uma cousa que acho que vcs não sabem. Lá, no passado +ou- recente, vacinavam as meninas na perna, para que a cicatriz não ficasse tão aparente quando ela crescesse e ligasse para essas coisas.

Eu mesmo tenho cicatriz de vacina na perna porque fui vacinado com uns 3 anos e tinha os cabelos nos ombros. Quem me vacinou achou que eu era uma menina (!) O + louco é que eu estava completamente esquecido disso e só me lembrei agora.

Miguel Andrade disse...

Letícia, são esquecidas. Gerações e gerações marcadas, que se tornou comum.

Refer, Hahahahahahahahahahahahaha!!! Morrendo de rir imaginando você passando por menina.

Mas é na coxa? Dá pra ver normalmente?

Refer disse...

É no alto da perna, quase no quadril. No meu caso, é um sinal quase imperceptível.

Miguel Andrade disse...

Refer, se fosse visível imagina as gozações na escola? rs

Leticia disse...

Bem, meninos, minha cicatriz de vacina é na perna, e ficou alentada porque me deu alergia. E - de novo - morria sem saber dessa viadagem da saúde pública, até porque conheço quilos de seres humanos com vacina no braço, e daí?

E do alto dos meus 48, juro que nunca ninguém chegou pra mim na praia, na piscina ou numa casinha de sapé e disse: ei, você tem uma cicatriz na perna, eu te desprezo.

Falar a verdade, acho que nunca um namorado sequer percebeu...

Todo mundo da minha geração tem, e por isso ninguém liga.

E vacina na bunda? Essa doía mais.

Miguel Andrade disse...

Letícia, acho que a da minha mãe também é na perna. Não tinha sacado também essa diferença de sexos.

E a gente não ligava mesmo pra essas marcas, eram naturais como ter um umbigo na barriga.

Related Posts with Thumbnails