terça-feira, 10 de janeiro de 2012

A estampa é a mesma, mas o cabelo...

Reconfortante encontrar um rosto conhecido em meio a uma multidão. Encontrar o Jaspion em papel mega secundário num filme japonês de pancadaria deu sensação similar.

Hikaru Kurosaki, hoje aposentado como ator, faz um integrante da gangue que depois acaba ajudando o mocinho de Roaring Fire (Hoero tekken , 1982 de Noribumi Suzuki). Não entra mudo e sai calado, mas o personagem simplesmente desaparece no roteiro .

O filme não consta de sua filmografia no IMDB, mas está incluso na Wikipédia em japonês! Se bem que eu o reconheceria até vestido de monge se fosse o caso.

Fã do mitológico Sonny Chiba (que também está no elenco), Kurosaki já tinha na época quatro anos de carreira como integrante da agência de dublês Japan Action Club (JAC), de propriedade do veterano ator. Os créditos pelas sequencias de luta nessa película são de Chiba.

Engraçada a coincidência de seu único figurino possuir a mesma estampa de oncinha, bizarria que tanto chamava atenção no seriado O Fantástico Jaspion (Kyoju tokuso Jaspion , 1985). Blusa de oncinha e permanente no cabelo, como não admirar o último grito da moda intergaláctica?

PS: O mocinho mesmo da fita (à direita na primeira imagem) é Hiroyuki Sanada, superstar local. No ocidente ele apareceu, entre outros trabalhos, na derradeira temporada de Lost.

[Ouvindo: Everybody Loves My Baby – Ann Margret]

4 comentários:

Refer disse...

UM rosto conhecido em produção japonesa? Para, Miguel. Japonês é tudo igual, todos os rostos são 'conhecidos'.

Miguel Andrade disse...

Refer, identificar ele foi muito engraçado. Hahaha Aliás, ele já era careteiro como quando Jaspion.

Linderval Souza disse...

Muito bom seu blog,parabéns !

Miguel Andrade disse...

Linderval, obrigado! :)

Related Posts with Thumbnails