quarta-feira, 16 de março de 2011

Minissaia no espaço sideral

Nichelle Nichols na capa da Ebony em 1967! E por muito tempo achei que seu personagem mais famoso se chamava Uzura.

Falando sério, se até hoje a TV no mundo patina na hora de formar elencos multiétnicos, imagina o quanto a Uhura de Star Trek foi importante? Por mais que seu personagem tenha tido muitas vezes papel meramente decorativo.

Lembrando que coube a Nichols e William Shatner darem o primeiro beijo inter-racial da TV norte-americana. O episódio "Plato's Stepchildren" gerou uma saraivada de cartas à emissora, na grande maioria com opiniões positivas.

A capa é um oferecimento It's got disco potential.

[Ouvindo: Samba Em Paris – Leny Andrade]

2 comentários:

Leo disse...

Quase gosto mais dela até do que do Spock, em Star Trek. Esta capa saiu meio bizarra, a cor da pele dela está quase tão laranja quanto o uniforme.

Miguel Andrade disse...

Leo, tá tudo avermelhado! Pensei arrumar, mas faz parte do envelhecimento. Acho eu...

Pra mim, fascina mais a mitologia do programa do que o programa em si. Um dia vou tentar assistir de fio a pavio e ver o que rola.

Related Posts with Thumbnails