quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Pausa para nossos comerciais

“A Garôta 1957” – No carrossel! - Modess

Ela conhece o segredo! Pode cavalgar naqueles dias porque conhece Modess, essa maravilha do mundo industrializado!

Descartável! Usou, jogou fora, hein, Rosa? Uau!

E poucas coisas divertem mais do que anúncio de absorvente feminino de revista velha. Imagino os Don Drakes da vida real quebrando a cabeça.

Qual a melhor forma de anunciar algo inovador porem tabu para uma sociedade essencialmente tacanha? Sem Modess nada de subir no cavalinho é estupendo!

[Ouvindo: Angelitos Negros – Eartha Kitt]

14 comentários:

Pri[s] disse...

Sempre que minha vó conta sobre os tais "paninhos" sinto calafrios! Em 1957 ela tinha 19 anos... Passou por essa fase. Agora tá explicado porque ela sempre chamou QUALQUER absorvente de "módice". xD

Miguel, você sabe quando surgiu os absorventes internos? Deve ter sido outro mega-desafio pros marketeiros. Se até hoje tem gente que acha que OB tira a virgindade ¬¬'

Miguel Andrade disse...

Pris, "módice" hhahahahahah Acho que minha mão também fala assim.

Que jovem tua avó!

NOSSA! Outro tabu dos tabus! Tinha até um anúncio na TV coma Susy Rego "Incomodada ficava a sua avó!".

Refer disse...

São Paulo FC campeão de 57: Poy, De Sordi e Mauro; Vitor Dino e Riberto; Maurinho, Amauri, Gino, Zizinho e Canhoteiro.

Era tabu, sim. Por exemplo, a palavra 'serena' era "proibida", ninguém falava porque era o nome de calça higiênica.

Como sou muito 'Soninha Toda Pura' falei a palavra vetada no curso de inglês, isso nos anos 70! - toda a classe, mais a professora riram da minha cara de palhaço, pinta de palhaço. Pra mim foi quase um trauma.

Miguel Andrade disse...

Refer, então! a palavra menstruação era mega proibido até pra mim.

Quando passava anuncio de absorvente na Tv, eu perguntava sempre pra minha mãe pra que era aquilo e ela dizia ser band-aid!!!

Não sou blasê disse...

Band-aid?!?
Ahahahahahahahahaha

Refer disse...

A sra. sua mãe é uma humorista nata, podia escrever para teatro de revista, se ainda existisse.

Vc pensa que band-aid é modess?
band-aid não é modess, não!
band-aid tampa um buraquinho...

...e por aí vai.

Pri[s] disse...

Band-aid! MORRI! hauahauahauaahauha

Mas é verdade, super, mega ultra tabu.

Lembro bem do dia em que "fiquei mocinha". Minha vó ficou desesperada e o primeiro conselho/ordem que me deu foi "não conte pra NINGUÉM!". O que eu fiz? Fui correndo contar pras minhas amiguinhas! xD

Miguel Andrade disse...

Não sou blasé, e eu não era burro: "Mas desse tamanhão?" Ela desconversava!

Refer, mas em Portugal não é Band-aid, é pensos. Eu traduzi a historinha ao português BR.

Pris, hahahahah!!! As palavras mágicas pra você espalhar!

Lembro de uma menina que virou mocinha na escola e morreu de tanto chorar. Ia morrer!

Refer disse...

Sei que é penso, na terrinha. Por uma coincidência brutal, estou com um livrinho na mesa com as diferenças Brasil x Portugal e estão lá: penso, autocarro (ônibus), paragem (ponto de ônibus), peugas (meias) etc. etc.

Eu trabalhava na York ou na Johnson quando foi lançado o OB. Deu um rebu do caraio. Só para a igreja dar "permissão" levou 2 anos.

Miguel Andrade disse...

Refer, e essas "coincidências do caralho" estão cada vez mais fortes. Outro dia um menino comentou aqui um desenho que eu havia acabado de assistir. UAU!

E a igreja se metendo com O.B.! Hahahaha

Leticia disse...

Que horror! O que a Igreja tem que ver com isso?

Esses tipos (e olha que eu peguei uma geração bem posterior) eram horríveis, uma bororoca de algodão que vazava por qualquer coisinha! A coisa era tão chata que nem TPM a mulherada tinha tempo de ter.

O mundo só se modernizou quando lançaram aqueles com bolinhas de gel ou algo que o valha. Com abas, lógico.

Miguel Andrade disse...

letícia, o que a igreja tem com qualquer coisa além dos que estão sob livre vontade embaixo do seu manto? Não faço idéia...

Leticia disse...

Nem eu.

Miguel Andrade disse...

Letícia, grande incógnita...

Related Posts with Thumbnails