domingo, 5 de dezembro de 2010

Pausa para nossos comerciais

O destino de Batman está em suas mãos – Tiger Eletronics

Independente de qual console 16 bits você tivesse, poderia jogar Batman, O Retorno (Batman Returns, 1992 de Tim Burton). A boa maioria não passava do velho estilo de plataforma.

Aquele em que o personagem principal poderia ser qualquer coisa andando em linha reta, distribuindo socos nos inimigos. A cada fim de fase nos deparamos com algo que lembre o fio condutor do filme.

O minigame do anúncio dava portabilidade, provavelmente para quem não tinha um Gameboy. Aliás, a melhor versão de Batman Returns em videogame era justamente o do Gameboy, que ousava até alguns acordes da trilha sonora de Danny Elfman.

Joguinhos portáteis foram populares no começo da década de 90, hoje vêm até de recheio de ovo de páscoa. Comercialmente, tiveram o mesmo destino dos relógios de pulso, mortos com o celular.

[Ouvindo: Samba De Verao (Summer Samba) – Walter Wanderley]

6 comentários:

Marilia disse...

Nessa mesma epoca, meu irmao tinha um minigame do filme Esqueceram de Mim...era bem divertido!

Uma pena a morte dos relogios de pulso. Acho super charmosos. Como diz meu noivo: "o relogio de pulso eh a joia do homem". Depois dessa, lembrei de um relogio que vinha como brinde da Coca-Cola e da Sprite: tinham a pulseira toda durona e, quando vc batia ela no braco, ela se dobrava toda, "moldando-se" ao seu pulso.

Miguel Andrade disse...

Marília, lembro desse relógio da Coca.

Como joia, relógios bons não morrerão tão cedo. Sempre dão o arremate no visual masculino.

Igres Leandro disse...

Esses joguinhos eram mágicos pra mim. Um pouco mais velho fui perceber o quanto eram mal feitos, com os personagens sempre estáticos piscando na tela.
Lembro que havia versões mais porcas ainda de minigames que não usavam nada eletrônico, apenas aquele material que dava o efeito de movimento nos tazos.

Miguel Andrade disse...

Igres, eu AMAVA um tetris paraguaio, lembra?

Quando a gente tava quase perdendo ele gritava "Hasta! Hasta!", ou coisa que o valha.

Igres Leandro disse...

Haha. Lembro! Acho que você fala daqueles minigames que prometiam 1000 games em 1, só que na verdade eram só a variação do mesmo jogo.

Miguel Andrade disse...

Igres, ISSO!!! Hahahah Eu fiquei doido umas épocas com ele.

Related Posts with Thumbnails