sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Bat Pussy devagar vai ao longe...

E é assim, sentada numa bola inflável que a heroína Bat Pussy parte em busca da justiça. Super carros e jatos invisíveis qualquer um tem, né?

São os poucos minutos que fazem valer este filme pornográfico tosco, tosco, tosco de 1973. Tão ruim que eu nem tentei entender, me senti satisfeito com Bat Pussy se locomovendo até a ação.

Tem um narrador com jeito de vendedor de seguro de vida no começo e de resto fica um casal pelado na cama. Ambos horrorosos!

Ela, uma ruiva de cabelo bolo de noiva lotado de hairspray, ele, um senhor caidinho, com uma supeitíssima tatuagem em uma das nádegas. Brigam muito entre uma tentativa e outra de copular... Murchiiiinho e explícito!

E eu com isso para o que se passa? Na metade do tempo a Bat Pussy decide ir até eles mas acaba sendo dominada pelo cara gordo que a obriga a um ménage à trois.

E fim! UFA!

[Ouvindo: Tiene Sabor – Gato Pérez]

8 comentários:

Leticia disse...

O filme deve ser horroroso mesmo, mas essa cama de viúva...

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas parece que são duas camas de solteiro juntas. Nem dinheiro pra 1 de casal acho que tinham! hahaha

Leo disse...

You had me at "E é assim, sentada numa bola inflável".

Tenho que ver isso.

Miguel Andrade disse...

Leo, mas é só no meio que ela aparece... leva um tempão.

Pensei que fosse o filme errado.

Leticia disse...

Duas camas? Piorô!

Miguel Andrade disse...

Letícia, de madeira de lei! Oxi!

☆☆☆ nayara ☆☆☆ disse...

Miguel vc já viu que estão fazendo um filme sobre a Greta Garbo?
http://www.imdb.com/title/tt1057906/

Miguel Andrade disse...

Nayara, não tinha visto... Mas pra 2010 eles têm pouca semanas pra finalizar. há

Related Posts with Thumbnails