terça-feira, 9 de novembro de 2010

Grandes nomes da pancadaria: Fabulosa Moolah

Enquanto o lugar de mulherzinha era esquentando a barriga no fogão e esfriando no tanque, Mary Lilian Ellison conseguiu se destacar no improvável mundo da luta livre. Bem antes de o movimento feminista ganhar força.

Mais conhecida como “The Fabulous Moolah” (e também Slave Girl Moolah, Masked Spider Lady), foi a primeira mulher a conseguir o cinturão da WWE! Isso em 1956, preservando o título até 1983, quando já estava com 60 anos de idade.

Além de ter sido a primeira mulher a ganhar o título, os espantosos 27 anos são recorde, num esporte reconhecidamente masculino. Em 2003, outro recorde como a primeira octogenária a lutar num ringue da WWE.

Com inestimáveis agradecimentos das futuras gerações que trilharam seu caminho, faleceu em 2007, aos 84 anos. Nunca se aposentou, embora estava desde a década de 90 fora de competição.

A imagem é um oferecimento Idol Heroes

[Ouvindo: Bendable Poseable – Hot Chip]

18 comentários:

Igres Leandro disse...

Pô, acho engraçado esse pessoal que tem o rosto envelhecido e as pernocas uma beleza.

Miguel Andrade disse...

Igres, esportistas normalmente...

Leticia disse...

O problema dela está todo no formato das sobrancelhas, que a tornou mais velha porque ela capinou e arqueou demais. Pode ver...

Miguel Andrade disse...

Letícia, hahahaha!!! E pelas fotos dela mais velhinha só piorou... Continuou arqueando cada vez mais!

Leticia disse...

Tô falâno... As minhas eu já consegui juntar e desarquear. Melhorou um tantinho a expressão de susto com o passar dos anos.

Miguel Andrade disse...

|Letícia, e acho uma das coisas mais ironicamente cômicas sobrancelhas desalinhadas.

Leticia disse...

Aí já é outro tema. Até porque há sobrancelhas que são naturalmente tortas.

Não que alguém tenha de se deslocar para o cabeleireiro pra fazer, mas uma olhadinha crítica na hora de capinar não faz mal nenhum...

Miguel Andrade disse...

Letícia, lembro quando minha mãe raspava e as desenhava a lápis. Isso há séculos.

Daí um dia minha tia precisou ser hospitalizada às pressas e minha mãe foi correndo acompanhar. SEM sobrancelha alguma! hahaha

Tchia Deslogada disse...

Luta Livre aos 60 anos? 83 anos? Cacirda, já sei o que vou fazer quando me aposentar. \o/

Miguel Andrade disse...

Tchia, imagina o trato q ela dava aos netos! :-/

Leticia disse...

Era um hábito antigo, Miguel. Sua mãe remetida aos anos 60, e minha avó anos anos 20. Tadinha, como não enxergava sem óculos, a sobrancelha ficava acima do dito-cujo, quadradona. E dá-lhe pó-de-arroz em cima de creme nívea. Fico calculando quantas toneladas ela usou de cosméticos e de talco ao longo da vida!

Miguel Andrade disse...

Letícia, pó de arroz rastro... Aquele rosa! Minha avó que faleceu recentemente passava bastante também.

Pena que ultimamente não mais. As únicas coisas que guardei de lembrança dela foram umas notas de dinheiro antigo que ela tanto gostava de ter.

De ter enquanto valiam.... Sei lá como elas sobraram nas coisinhas dela.

Leticia disse...

De vovó eu tenho o relógio, umas bijoux e uma banqueta de penteadeira que, depois de anos, estou reformando novamente, botando forro novo...

Miguel Andrade disse...

Letícia, imagino o luxo de bijoux!

Leticia disse...

Luxo mesmo era uma pulseira. Bijoux, mas coisa dos anos 40, que eu fiz o favor de PERDER depois do casamento da minha irmã. Perdi no táxi, no Rio. Cadê que o cara iria me devolver? Me culpo por isso até hoje.

Miguel Andrade disse...

Letícia, imagina! Foi parar numa lojinha de antiguidades.

Leticia disse...

Ou no pulso na nêga Jurema.

Miguel Andrade disse...

Letícia, bem capaz! Lembrei da letra de Biscate do Chico.

Related Posts with Thumbnails