quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Dietrich cantando em português

A fina flor da sociedade carioca recebeu Marlene Dietrich em 1959 no Copacabana Palace, numa série de apresentações. Época em que ela decidiu priorizar a carreira de cantora à de atriz.

Conforme post do Luiz Antônio Gravatá, conta-se que na estreia o vestido com que ela subiu ao palco era tão justo, mas tão justo, que minutos antes de começar pediu um balde de areia no camarim. Dessa forma ela poderia se aliviar de forma prática, sem precisar tirar a roupa.

Essa é apenas uma das historias do momento antológico tanto da magnífica estrela quanto do Brasil 50’s. Sua visita rendeu tanto assunto, que hoje Max Eduardo Ziemer mantém um blog chamado Marlene Dietrich no Brasil, repleto de material.

No show, a platéia ficou extasiada principalmente quando “Aquela que disse não a Hitler” interpretou Luar do Sertão em português, com aquele sotaque tão característico. Ouça clicando no player abaixo.


[Ouvindo: Meu Neguinho – Mário Zan e Irmãs Castro]

8 comentários:

Glauco disse...

Deve ter sido uma noite e tanto, é muito glamour assistir Dietrich no Golden Room do Copa, rs. Pena que não há registro fílmico. Em tempo, entrou em cartaz aqui no Rio um espetáculo sobre Marlene, que é interpretada por Silvia Bandeira, se não me engano se chama As Pernas do Século.

Miguel Andrade disse...

Glauco, uau! Eu iria assistir....

Viu, mas ela foi até na Tupi, será que não sobraram nem uns framezinhos?

Glauco disse...

Será? As possibilidades seriam o Arquivo Nacional, a Cinemateca Nacional ou o Museu da Imagem e do Som. No Arquivo tenho contatos...

Curisosamente, há o DVD de um show completo do Ray Charles para a TV Excelsior gravado em 1963. Um verdadeiro milagre essas imagens terem sobrevivido ao descaso nacional com a memória.

Miguel Andrade disse...

Glauuuuuuuuuuuuuuco, e a Joan Crawford in Brazil?

Glauco disse...

Ops, acho que me chamaram na sala... rsrs

Miguel Andrade disse...

Glauco, vai fugindo...

Moses Aron disse...

Lindo!!! Vi semana passada a Sylvia Bandeira fazendo Marlene e gostei muito!! Ela canta igualzinho na peça!!!

http://oglobo.globo.com/cultura/xexeo/posts/2010/09/27/sylvia-bandeira-vira-marlene-dietrich-327947.asp

Miguel Andrade disse...

Moses, impensável!

Related Posts with Thumbnails