segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Clô-tergeist, o fenômeno


“Do outro mundo
ACONTECEU ... Num dia da semana passada, Hebe Camargo foi às compras e, quando deixava um conhecido magazine paulista, encontrou o Boni, acompanhado do Nilton Travesso, Ney Gonçalves e Marília Gabriela. Uma coincidência agradável, e o alto dirigente global, de forma muito simpática, dirigiu-se a Hebe como "traidora", naturalmente, fazendo uma alusão ao seu acerto com a Bandeirantes. Horas mais tarde, em sua residência, mais precisamente no seu estúdio, Hebe contava o ocorrido ao marido Lélio, e o inesperado surgiu no exato momento em que se referiu a Marília Gabriela. Justamente nesse instante, o poster do Clodovil despencou da parede. Foi um tombo horrível, que por muito pouco não inutilizou o poster. Como se observa, essa briga da dupla é muito mais séria do que se imaginava.”

Tantas questões pertinentes! Que contenda teria o Clodovil com a Marília Gabi Gabriela em 1982? E ele lá era homem de fazer inimigos?

O que fazia um pôster do Clô na residência do Lélio e da Hebe Camargo?
Ferreira Netto só conta o fato na sua coluna da revista Amiga, porque todas estas respostas deviam ser do conhecimento geral da nação.

Se vivinho da Silva o costureiro já assombrava geral...

[Ouvindo: Demented Forever – Karen McMillan]

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails