domingo, 24 de março de 2019

Faleceu Larry Cohen diretor de Nasce Um Monstro e A Coisa

Verdadeira lenda do cinema B, Larry Cohen faleceu aos 77 anos de idade neste fim de semana. Com a maioria dos nomes envolvidos com filmes de baixo orçamento, ele se ocupou de várias funções, mas será lembrado como o diretor de Nasce Um Monstro (It's Alive, 1974) e A Coisa (The Stuff, 1985).

A Coisa foi muito popular no Brasil nos anos 80 ao ser exibido na TVS (atual SBT), gerando uma sátira no TV Pirata da Rede Globo. No grande boom do DVD o filme voltou a ser bastante lembrado com exemplares sendo vendidas até em supermercados.
Como roteirista se destaca o seu Maniac Cop: O Exterminador (1988 de William Lustig), um personagem original disputando a atenção entre tantos serial killers de slashers da época. Conseguiu criar aí uma franquia explorada em outros dois filmes e um remake a ser lançado.
Mas nem tudo foi B em sua trajetória. Também em 89 ele dirigiu Bette Davis, a estrela classe A, em A Madrasta (Wicked Stepmother), o que viria a ser o último filme do grande mito hollywoodiano.

Após filmar algumas cenas Bette Davis disse estar enojada ao ler o roteiro e exigiu mudanças. Como se recusaram a reescrever ela abandonou o projeto, aparecendo apenas por cerca de 11 minutos.
Larry Cohen e Bette Davis em tempos felizes                         Divulgação
O diretor então foi á imprensa alegar que ela abandonou as filmagens por problemas de saúde, o que enfureceu a atriz, já que poderia nunca mais arrumar outros papeis se achassem que ela estava doente. Cohen, que a considerava a “maior estrela feminina de Hollywood”, anos mais tarde lamentou tudo e assumiu ter ajudado a mata-la no que começou como “uma forma de ressuscitar sua carreira, terminou como o último prego em seu caixão.”

Reprisado algumas vezes na Sessão da Tarde, de qualquer jeito, o filme passou a ser o cartão de visita de Bette Davis para uma geração de crianças que ainda ignorava seu passado glorioso. Ela aparecia pouco sim, mas seu nome aparecia com destaque nas chamadas da Globo.

O último trabalho de Larry Cohen na direção foi em um episódio da serie Mestre do Terror de 2006. Único filme que dirigiu e não roteirizou, manteve no set o roteirista para que ele acompanhasse as alterações que ia fazendo, uma cortesia que jamais teve com seus textos.

Veja também:
"Que coisa grande!" - A Coisa, ícone do cinema B 80's
Bette Davis e maldades para criancinhas

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails