terça-feira, 24 de abril de 2018

A plateia da Gal em 81 era um desbunde

 Gal Costa sobreviveu aos anos 70 de forma gloriosa. No começo dos 80, mais precisamente em 1981, foi alvo de um especial da Globo e na plateia nada menos do que a fina flor do entretenimento da época.

Tão fina que muita gente é famosa até hoje. Algum gringo upou no Youtube e você pode assistir clicando aqui (tem uma legenda bizarra, mas ignore), mas antes, vem junto apontar quem é quem ali.

Menina Regina Casé emocionadíssima, toda no look Bo Derek. Tão cliché esperar também o Caetano aí, que vamos deixar passa-lo.
A Sorrah de cachinhos dourados bem compenetrada. O editor reaproveitou esse plano (e outros da plateia) várias vezes, pra gente aqui no futuro não termos dúvidas sobre quem são.
Não sei direito que língua é essa das legendas (sueco?!), mas sei o que quer dizer “Jag heter Gal”. Sei sim!
Maria Zilda (antes de ser Bethlem) é das fãs que cantam junto. “Pérola Negra...”
Simone!
Lucia Veríssimo! Veríssimo se tornaria uma das mulheres mais lindas daquela época
Antes das Diretas Já e da Jô Penteado a Torloni já era bem musa.
Essa eu acho que é a “Viva Natureeeeza” da Escolinha do Professor Raimundo, que depois casou com o filho do professor em si. Mas pode não ser.
Débora Bloch quase irreconhecível, mas tá a cara do pai como o Davi do Sítio do pica Pau Amarelo.
Gloria Pires com a aparência da Sandrinha Fragonat da novela Água Viva.
Elis Regina faz participação especial no show, embora, pelo título que a pessoa que subiu colocou, pode parecer que é show dela também.  Incrível como a moda pode ser ruim.

Aos 36 anos de idade aparenta ser muito mais velha do que era. A imagem abaixo, frame da última entrevista que deu em 1982, tem apenas um ano de diferença e está tão mais jovial.



1 comentários:

alex disse...

Aquela moca não é Debora Bloch, é Ticiana Studart, esteve no elenco de Agua Viva.

Related Posts with Thumbnails