quarta-feira, 19 de abril de 2017

Faye Dunaway, a pior pessoa de Hollywood segundo Bette Davis

Tem circulado um vídeo de uma entrevista de Bette Davis em 1988 onde ela é enfática sobre a pior pessoa em Hollywood. Sem pestanejar: Faye Dunaway!

Na hora de explicar disse que não tinham tempo para apontar todos os motivos, “realmente ela muito difícil de trabalhar”. Assista ao vídeo no player abaixo ou clicando aqui.

“Senhora Dunaway é para Senhora Dunaway” e olha que Bette Davis trabalhou com barras pesadas como MiriamHopkins e, claro, Joan Crawford.  Mas no final da vida, nenhuma se comparava a Faye Dunaway.

Muita gente recebeu essas declarações como se ela tivesse bode por Dunaway ter interpretado Joan Crawford no infame Mamãezinha Querida (Mommie Dearest, 1981de Frank Perry) e a estaria associando. Muito pelo contrário!

Quando o livro Mamãezinha Querida, onde a filha de Joan Crawford narra supostos abusos, foi lançado,  Bette Davis se posicionou contra a publicação. Como qualquer pessoa humanamente sensível se posicionaria diante daquele oportunismo em cima de quem nem estava mais vivo para se defender.

E quando a adaptação para o cinema começou a ser produzida, várias atrizes recusaram o papel em respeito à memória de Joan Crawford. O filme foi uma queimação de filme para quem o protagonizasse até no meio artístico.
 Se Davis já detestava Faye Dunaway pelo seu comportamento depois que trabalharam juntas no telefilme O Desaparecimento de Aimee (The Disappearance of Aimee, 1976 de Anthony Harvey), passou a ter repulsa após Mamãezinha Querida.  Por mais que tenham sido rivais de Joan Crawford (e ela teve várias rivais!), houve mal estar com o projeto que adaptou aquele embuste.

Em tempo: Olivia de Havilland, amiga íntima de Davis e a única viva das retratadas na série Feud: Bette e Joan, respondeu ao Hollywood Reporter por e-mail sobre o programa. As poucas linhas diz muito sobre o que as estrelas acham (ou iriam achar) dessas interpretações de fatos.

“Recebi seu e-mail com suas duas perguntas", respondeu De Havilland. "Eu gostaria de responder primeiro à segunda delas, que me pergunta a exatidão de uma série de televisão atual intitulada Feud, que diz respeito a Bette Davis e Joan Crawford e sua suposta animosidade uma com a outra. Não tendo visto a série, não posso fazer um comentário válido sobre ela. No entanto, em princípio, me oponho a qualquer representação de personagens que não estão mais vivos para julgar a precisão de qualquer incidente descrito que as envolvia". 

Veja também:


4 comentários:

Eduardo disse...

Estou gostando de Feud: Bette & Joan. Não chega a ser American Crime Story, mas é uma produção bem feita. Susan Sarandon (Bette Davis) e Jessica Lange (Joan Crawford) se divertem em cena, mas são @s coadjuvantes que roubam até os móveis. E Olivia recebeu uma Catherine Zeta Jones "com a maldade na alma" - torcendo pra que ela vire a nova "musa" de Ryan Murphy.

Anônimo disse...

Acho a Faye Dunaway SIMPLESMENTE MARAVILHOSA em TODOS os sentidos. Achei esse texto uma imensa bobagem. Sorry...

A mulher trabalhou com o mundo inteiro e é super respeitada, ninguém fala uma linha dela. Ok. Vida tranquila, tudo normal. Aí vem UMA ÚNICA pessoa, diga-se de passagem a criatura mais pomba-gira-quizumbeira que já brigou com meio mundo (dona Beth é boa atriz, mas tem gênio do cão, é notório...)e diz que ela é "A pior pessoa de Hollywood", sem explicar o porque, tipo fofocou falou "e acabou"... e XABLAU, pronto colou, "A Faye É a pior pessoa a partir de agora" pros fofoqueiros de plantão. Huhum, senta lá, Claudia.

Miguel Andrade disse...

Pessoa ANÔNIMA, meu anjo. Sugiro que releia o post, na ânsia do lacre, sua interpretação de texto falhou, né?

Eduardo disse...

Acho que a única que "sobreviveu" à vovó Dunaway foi Angelina Jolie (elas dividiram cenas em "Gia"), kkkk

E "vítima de fofocas"?? O povo esqueceu a presepada do Oscar, jogando a "bomba" LaLaLand na mão do Warren beatty e fugindo...

Related Posts with Thumbnails