quarta-feira, 17 de agosto de 2016

A velhinha dos filmes do Tim Burton

Antes de Quentin Tarantino ter fama de reerguer antigos astros no momento esquecidos, Tim Burton já fazia isso. Sylvia Sidney é mais um nome junto a Vincent Price, Christopher Lee, Pam Grier, Michael Gough e tantos outros.

Do diretor, Sidney participou de Os Fantasmas se Divertem (Beetlejeuse, 1988) e Marte Ataca! (Mars Attack!, 1996), que veio a ser seu último filme, vindo a falecer com 88 anos em 1998. Apenas dois filmes, mas ela teve mesmo muito idosa uma presença tão alegre e marcante que podemos dizer que era a cara de Burton.
Seu auge foi na década de 30 quando seus grandes olhos tristes lhe transformaram na vítima perfeita para aqueles filmes de gangster da época. Foram tantos papeis similares que ela costumava brincar dizendo que a Paramount lhe pagava para derramar lágrimas.

Chegou a aparecer idosa no drama Fiel Ao seu Amor (Jennie Gerhardt, 1933 de Marion Gering) conforme você vê na foto promocional abaixo. Sim, nós vivemos no futuro e podemos julgar isso!
Dr. Macro
Quando a idade realmente veio Sylvia Sidney não ficou muito parecida a essa maquiagem! Se bem que ela foi uma velhinha nos anos 80/90, quem sabe se mantivesse o penteado 30’s ficaria mais parecida.

Naquela época ficou tão popular que chamou a atenção de um certo diretor inglês chamado Alfred Hitchcock. Importaram a atriz americana para estrelar O Marido Era O Culpado (Sabotage, 1936) e claro, se desentendeu com ele.


Houve quem achasse que ela não fez o tipo de Hitchcock. Sidney o achou “estranho” e suspeitava que o diretor tinha inveja porque o salário da atriz era mais alto do que o seu, além de lhe incomodar ele achar que atores eram marionetes.

Veja também:
4 Vezes Sylvia Sidney

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails