quarta-feira, 16 de março de 2016

Filmes caseiros revelam intimidade de Joan Crawford


Os vídeos amadores que você assistirá foram feitos em sua maioria na casa de Joan Crawford talvez entre os anos 1939 e 1942. Após 60 anos foram descobertos nos guardados da família pelo seu neto Casey.

Nessa época ela casou duas vezes, com Franchot Tone (1935 a 1939) e Phillip Terry (1942 a 1945). Ambos aparecem nas filmagens, assim como a recém-adotada Christina, a filha que mais ficaria famosa com um livro falando mal da mãe.
Filmados em 8 mm, negativo colorido em sua maioria, sem áudio(conforme a tecnologia da época), foram feitos para uso doméstico, não para serem exibidos ao grande público. Nossa geração poder assistir a eles é um privilégio.

Crawford estava em seu auge de beleza e carreira. Rara oportunidade de vê-la  na luz natural, sem estar produzida para um personagem ou num evento público.

Segundo o usuário do YouTube que os postou, existem apenas estes seis que você assiste abaixo. No título de cada um deles está incluído link para a página original, caso o seu navegador não consiga visualizá-los.

Joan, muito bem humorada, recebe convidados em sua casa para o aniversário da filha. Ela usa a mesma roupa de outras duas mulheres, provavelmente para servir.

Porco amestrado, pôneis e um palhaço triste. A partir de 5:30 passa a ser o corte do bolo dentro da casa e imagens dos amiguinhos da aniversariante à mesa.

Várias tomadas do rosto da atriz, ela com o marido e a filha sentados num gramado e algumas tomadas mais introspectiva. Joan Crawford (belíssima!) foi ruiva nessa época, mas temos a ilusão de ser morena por causa dos filmes em preto e branco.

Um passeio nas montanhas da Pensilvânia com o colunista e amigo Charles McCabe. No final da fita alguns panoramas muito especiais de Nova York da década de 30.

Feliz dança e brinca com seu salsicha. Joan era cachorreira, teve vários cães durante a vida, aparecendo inclusive com dois na capa de sua autobiografia.

Datado como sendo 19 de junho de 1941, Joan Crawford aparece cuidando (sem muito jeito) do menino Christopher, seu filho por meses até que a mãe biológica o pediu de volta. Anos mais tarde adotaria outro e o rebatizaria de Christopher também.

A menina brincando em casa coma mãe e depois lá fora com o pai Franchot Tone. Joan, de óculos escuros,  parece estar a ensinando a andar.

Negativo em preto e branco, Christina brinca com os pais, cachorro e é filmada mesmo dormindo sentada. Impossível não nos lembrar de alguma coisa de Mamãezinha Querida (Mommie Dearest, 1981 de Frank Perry).

Veja também:
Estrelas ao sol: Os filmes caseiros de Roddy McDowall
Imagens de Planeta dos Macacos ao vivo!
Paulo Affonso e Elisinha contraem núpcias
Joan Crawford, a queridinha do Brasil

1 comentários:

Nayara disse...

Vídeos maravilhosos. O que é esse visual do vídeo com os cachorros? Lindo! Rs... E claro, todo vídeo tento comparar com Mamãezinha Querida. O primeiro, do aniversario da Christina, lembra bastante.

Related Posts with Thumbnails