sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Era King Kong! Novos filmes e série para ele reinar até 2020

Arte de AliceInDrawingland
Teremos King Kong por todos os lados nos próximos quatro anos!  Com estreia prevista para 2017, Kong: Skull Island (de Jordan Vogt-Roberts) irá ignorar o filme mais recente de King Kong, aquele dirigido por Peter Jackson em 2005.

Segundo a sinopse divulgada na internet, o filme partirá da história mostrada no original de 1933. Assim que o macaco gigante cai morto do Empire State seu corpo e Carl Denham, o explorador que o trouxe da Ilha da Caveira, desaparecem.

Muitos anos depois, na década de 70, o filho de Denham faz uma descoberta chocante que o leva de volta à ilha. Pode esperar esperar, como em qualquer filme atual, muitas explicações que eram desnecessárias no tempo em que plateias tinham imaginação, como por exemplo, quem construiu as muralhas na ilha? Para que serve aquele portão gigante, etc.

King Kong teve três versões oficiais: em 1933, 1976 e 2005, além de sequencias em 1933 e em 1986. A ideia de ignorar a produção recente muito provável que seja por ele estar sendo planejado como trilogia pela Legendary Pictures e a Warner Bros.

 Assim, como um recomeço do que já se sabe da história clássica, será possível construir elos com os outros próximos filmes, além de poderem alterar as dimensões do astro principal. Kong: Skull Island em 2017 deve ter alguma relação com Godzilla 2 (2018) e culminar em 2020 com o embate King Kong Vs. Godzilla.

Os dois monstros gigantes mais famosos já tiveram um crossover em King Kong vs. Godzilla (Kingu Kongu tai Gojira , 1962 de Ishirô Honda). Claro que o de 2020, produzido pelos americanos, não terá relação alguma com este, restando saber se será tão divertido quanto.

Antes de tudo isso, King Kong dará as caras numa série de animação em computação gráfica da Netflix neste ano de 2016. Kong: King of the Apes levará a criatura para o ano de 2050, onde com a ajuda de três garotos tentará salvar o mundo de dinossauros autômatas.
Pelas imagens divulgadas, seguirá o estilo fofo, para crianças. O estúdio de animação responsável é o Sprite Animation Studios, empresa sediada em Los Angeles, mas que segue um estilo anime.

King Kong já havia virado uma série de animação produzida no Japão em 1966 e nos EUA em 2000 que gerou um longa em 2005, Kong - O Rei de Atlantis (Kong: King of Atlantis de Patrick Archibald) . 

Veja também:
Hammer tentou produzir King Kong!
Jessica Lange e King Kong no Playcenter
King Kong agora ao vivo no teatro
King Kong seria pai do Monstro do Lago Ness. É sério!!!
King Kong 2: Ele está com a macaca!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails